Início Posts tagged Ana Barros

O que aprendi como líder em 2023

Todos os dias são uma aprendizagem para quem lidera pessoas. Mais difícil que uma dezena de folhas de Excel e até que o próprio negócio, é conseguirmos ter a capacidade de chegar a quem nos acompanha. Esta é a minha retrospetiva do que significou liderar em 2023.

O papel do líder a unir gerações

O mundo empresarial tem enfrentado um desafio cada vez mais evidente, o chamado “gap geracional”. Millennials, Baby Boomers, Geração Y, Z, E, R, T, e todo o alfabeto que for necessário – a diferença de opiniões, perspetivas e abordagens das diferentes gerações dentro do ambiente de trabalho são cada vez mais visíveis.

No empreendedorismo, as rosas também têm espinhos!

Quando falamos de empreendedorismo, a tendência é destacar o lado positivo deste percurso. É comum romantizar uma jornada de realização, “fazer acontecer” e os sucessos que daí resultam.

Líderes, está na hora de abraçar a inteligência racional!

Sim, está correto, inteligência ra-cio-nal. Sem querer descurar a importância da inteligência emocional, característica tão necessária na liderança dos dias de hoje, a inteligência racional também deve fazer parte do conjunto de competências de um líder.

Burnout dos líderes: O outro lado da moeda

O burnout de CEOs e líderes está a tornar-se uma realidade cada vez mais difícil de esconder. As mudanças do mercado de trabalho nos últimos anos, estão a levar a uma sensação de crise constante e a um esgotamento emocional. Como podem os líderes lutar pela cultura da empresa e pelo bem-estar no local de trabalho, se também eles estão esgotados?

Marketing B2B: O que é que estes últimos 2 anos nos ensinaram?

Não é novidade que a pandemia trouxe uma reconfiguração às operações do marketing business to business (B2B). A maneira como os compradores atuam mudou, por isso a forma como vendemos e chegamos aos clientes tem de acompanhar essa mudança.

OKR: um dos segredos de Silicon Valley que promete mudar as empresas

Em Silicon Valley a inspiração nos negócios é abundante e o marketing estratégico não é exceção. Na receita de sucesso, vale a pena olharmos com atenção para uma metodologia que tem dado cartas – desde meados dos anos 1970 – e que merece todo o respeito: os OKRs. Ou Objectives and Key Results.

Inbound marketing: não vá atrás. Atraia!

E se em vez de termos de correr atrás dos clientes, eles viessem ter connosco, de livre vontade, já parcialmente rendidos à oferta e ao valor que podemos acrescentar? Nada disto é excesso de ego, de confiança ou sequer cenário irreal de “mundo perfeito”. É só marketing de permissão ou inbound marketing, numa linguagem mais marketeer.

As redes sociais no B2B são assim tão relevantes?

Quando falamos na utilização das redes sociais no âmbito corporativo, a sua importância é inquestionável. Todas as marcas querem estar mais perto do consumidor final, aquele que compra de forma mais rápida ou impulsiva. Querem informar, divertir, interagir com o público, criar passatempos e anunciar giveaways. Mas e se o cliente for outra empresa, que pensa e repensa e analisa a compra?