A vida parece um conto de fadas. Já todos dissemos ou ouvimos esta frase, referindo-se a pessoas que nos parecem ter uma vida maravilhosa, sem problemas e onde tudo corre bem.

Normal, porque os contos de fada são lindos e acabam sempre bem com o beijo depois do reencontro dos heróis. Mas … alguém se lembra do que passaram até chegar ao beijo final? Alguma vez viram o que acontece depois dele?
Certamente houve havido espinhos no percurso dos heróis até ao beijo final… e muitos mais no resto das suas vidas.

Porque a vida é assim!
Algumas coisas correm bem, outras menos bem.
Há dias mais fáceis, dias mais difíceis.
Situações que parecem sem saída, surpresas boas que nos alegram.
Pessoas que nos trazem desanimo e tristeza, outras que são raios de luz.
E não adianta dizer que não queremos este carrossel de emoções, que queremos um patamar estável, que o que gostávamos mesmo era de saber com o que contamos.
Não existe!

O que existe é um mundo que permanentemente nos surpreende e desafia, uma realidade que ultrapassa a imaginação, uma vida que aceitamos  e vivemos da melhor forma, ou em que nos lamentamos dia e noite.…

That’s life …
You’re riding high in April
Shot down in May

I’ve been a puppet, a pauper, a pirate
A poet, a pawn and a king
I’ve been up and down and over and out

Viver bem a vida implica ter consciência desta turbulência e usá-la.
Aprender com os erros que nos causam problemas e tentar não os repetir.
Aceitar que nem todos os que nos rodeiam se comportam como esperamos, e afastarmo-nos de quem nos faz mal.
Reconhecer os sinais de perigo e tomar ações de prevenção.
E, sobretudo, não desistir e recomeçar, sempre e sempre!

And I know one thing
Each time I find myself flat on my face
I pick myself up and get back in the race

Recomeçar é duro!
Se um dia somos obrigados a largar o emprego que achávamos era para sempre.
Nos separamos da pessoas que nos acompanhava há décadas.
Enfrentamos um problema de saúde.
Há zangas na família.
Um assalto leva peças que nos trazem memórias queridas.
Fica difícil aceitar que tudo o que de menos bom nos acontece é uma lição e que sairemos da situação melhores e mais fortes.

Sabemos que as contrariedades são desafios e que as lições que delas tiramos nos ajudam … mas quando vêm todos os professores ao mesmo tempo fica difícil aprender a lição!
No entanto lutar, recomeçar do zero, reinventar… é o caminho que nos pode trazer tranquilidade, felicidade e nos permite viver a vida com serenidade

Reinventar.
Implica baralhar e dar de novo.
Implica olhar para trás e ver onde erramos e onde estivemos bem.
Implica olhar para dentro, descobrir e encarar o que não queremos, mas também rejubilar e explorar aquilo que temos de bom.
Implicar aceitar o que somos, mas não nos resignarmos a ser o que não queremos.
Implica coragem para sair de zonas de conforto e ir à luta.
E implica, sobretudo, resiliência e perseverança.
E não é fácil!

O recomeço e a reinvenção baseado na aprendizagem que a Vida nos dá são um ingrediente fundamental da sabedoria que a idade traz.
Porque já vivemos, já aprendemos, já lutamos, já nos reinventamos, já rimos e já choramos … somos mais experientes e melhores pessoas!
Vale a pena lutar!

That’s Life
By Frank Sinatra

That’s life (that’s life) that’s what people say
You’re riding high in April
Shot down in May
But I know I’m gonna change that tune
When I’m back on top, back on top in June

I said, that’s life (that’s life) and as funny as it may seem
Some people get their kicks
Stompin’ on a dream
But I don’t let it, let it get me down
‘Cause this fine old world it keeps spinnin’ around

I’ve been a puppet, a pauper, a pirate
A poet, a pawn and a king
I’ve been up and down and over and out
And I know one thing
Each time I find myself flat on my face
I pick myself up and get back in the race

That’s life (that’s life) I tell ya, I can’t deny it
I thought of quitting, baby
But my heart just ain’t gonna buy it
And if I didn’t think it was worth one single try
I’d jump…

Comentários