Está lançada a segunda call do projeto DIVA. As inscrições para este programa focado nos setores agroalimentar, florestal e ambiental decorrem até 31 de janeiro.

Apoiar o aparecimento e o desenvolvimento de novas cadeias de valor da tecnologia digital com aplicações nos setores agroalimentar, florestal e ambiental é o propósito do projeto DIVA que até ao final deste mês está a receber candidaturas de projetos com soluções nestas áreas de atividade.

Podem inscrever-se empresas que estejam sediadas Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia e Irlanda. Os prémios podem ir desde vouchers de maturação, no valor de 10 mil euros, a vouchers de demonstração, entre 25 ou 60 mil euros, e de internacionalização, de 30 mil euros.

O projeto DIVA é financiado pelo programa da Comissão Europeia Horizonte 2020. No consórcio do projeto estão envolvidos seis países, 14 regiões europeias e 10 parceiros, entre clusters e institutos de investigação especializados em agroalimentar, florestal e TIC. O projeto apoia, por exemplo, inteligência artificial, big data e cloud computing, marketplaces digitais, robótica ou conetividade IOT.

Comentários