FCT e Google têm 2 milhões de dólares para apoiar investigação de IA em Portugal

O novo fundo criado pela FCT e pela Google prevê um investimento em recursos tecnológicos para alavancar os projetos nacionais de investigação de inteligência artificial .Os projetos serão escolhidos por via de um concurso que será lançado em setembro.

A Google e a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) uniram-se para um acordo de colaboração com o objetivo de apoiar projetos de investigação na área da inteligência artificial (IA). Como resultado, serão atribuídos até 2 milhões de dólares (1,7 milhões de euros) em recursos tecnológicos de apoio a projetos relacionados com IA, durante os próximos dois anos.

“A tecnologia tem um papel importante a desempenhar na construção de uma recuperação inclusiva, sustentável e verde. As parcerias público-privadas são a base deste trabalho, e a Google continua a unir esforços com o governo português de forma a garantir que ninguém é deixado para trás na transição digita”, explica Fernando Pereira, vice-presidente da Google para a área de linguagem natural e aprendizagem da máquina.

A FCT refere que numa primeira fase do apoio, as áreas prioritárias de investigação de IA serão focadas no processamento de Língua Natural, com a criação de modelos e ferramentas direcionados à língua portuguesa; a IA Responsável, ligado aos princípios éticos que permitam a explicabilidade do seu comportamento.

No segundo ano, a iniciativa vai ser alargada, de forma a criar-se um ecossistema de suporte às atividades de investigação e inovação de IA em Portugal. A iniciativa procura continuar as histórias de sucesso de empresas como a UnBabel e Priberam, dadas como exemplos de histórias de sucesso no que diz respeito à disponibilização em grande escala do acesso à informação e comunicação entre idiomas, culturas e competências.

A colaboração com a Google vai também permitir um complemento aos apoios já existentes e prestados pela FCT, através da Rede Nacional de Computação Avançada.

 

Comentários

Artigos Relacionados