Há uma plataforma digital onde qualquer cidadão europeu pode dar as suas opiniões sobre alguns dos temas mais importantes para o futuro da Europa.

Para dar voz aos europeus sobre alguns dos temas mais importantes da Europa acaba de ser anunciada a criação de uma plataforma digital multilingue onde qualquer cidadão poderá dar as suas opiniões. Este novo instrumento é o centro nevrálgico da Conferência sobre o Futuro da Europa que vai ser lançada no próximo dia 9 de maio, sob a alçada da Presidência Portuguesa da União Europeia, e “convida todos os cidadãos europeus a contribuírem para moldar o seu próprio futuro, assim como o de toda a Europa.

Esta plataforma digital é totalmente interativa e multilingue e nela as pessoas podem dialogar e debater as suas propostas com outros cidadãos de todos os Estados-membros, nas 24 línguas oficiais da UE. Está organizada em torno de temas diversos como as alterações climáticas e o ambiente, saúde, uma economia mais forte e mais justa, justiça social e emprego, a UE no mundo, valores e direitos, Estado de direito, segurança, transformação digital, democracia europeia, migração e educação, cultura, juventude e desporto.

Uma vez que a conferência promove uma abordagem centrada nos cidadãos e toma como ponto de partida as suas aspirações, existe ainda um tema em aberto intitulado «Outras ideias», para questões transversais, onde os cidadãos poderão colocar todas as perguntas que considerem importantes.

A plataforma assegurará a plena transparência, um princípio fundamental da conferência, uma vez que todas as contribuições e resultados de eventos serão recolhidos, analisados, acompanhados e disponibilizados ao público. As principais ideias e recomendações alimentarão os debates nos painéis de cidadãos europeus e sessões plenárias e serão depois refletidas nas conclusões da conferência.

Os resultados finais da conferência serão apresentados num relatório às três instituições – representadas pelo presidente do Parlamento Europeu, pelo presidente do Conselho e pela presidente da Comissão Europeia – que exercem a presidência conjunta. O Parlamento Europeu, o Conselho e a Comissão Europeia comprometeram-se assim a ouvir os europeus e a dar seguimento efetivo, no âmbito das suas competências, às recomendações formuladas, cada uma no âmbito das suas competências e em conformidade com os Tratados.

Comentários