São cada vez mais as start-ups a ensinar programação a pessoas que querem ganhar competências neste domínio. Apresentamos 15 escolas e bootcamps de programação na Europa, entre as quais Portugal também marca presença.

A programação deixou de ser uma área reservada aos “geeks” dos computadores e é bem provável que se torne uma das competências profissionais mais importantes do futuro. Aliás, para os fundadores de start-ups, é cada vez  mais um ativo essencial ter um programador na equipa ou pelo menos alguém que entenda as possibilidades de programação.

Atualmente, com algum investimento e esforço, praticamente qualquer pessoa pode começar uma carreira como programador de software em poucos meses. As várias escolas de programação na Europa estão a crescer e a acelerar este processo. O Eu-Startup elaborou uma listagem com 15 das melhores escolas de programação da Europao onde Portugal também consta.

Academia de Código: Esta academia de programação portuguesa, com sede em Lisboa, tem como objetivo encontrar mentes talentosas para a programação. O target preferencial são pessoas que querem mudar de atividade profissional ou que estão desempregadas. A escola tem bootcamps de programação intensivos e imersivos. O Código, também conhecido como Code for All, oferece cursos de programação de 14 semanas (+650 horas de imersão intensa) em diferentes cidades.
Locais: Lisboa, Fundão, Terceira, Porto

Startup School Amsterdam: Este bootcamp oferece as ferramentas necessárias para iniciar uma carreira na tecnologia em nove meses. O bootcamp consiste num curso intensivo de três meses e um emprego remunerado a tempo inteiro, onde o aluno obterá as competências, ligações e experiência profissional necessárias. O estudante tem acesso a conhecimento de ponta, a um vasto conjunto de ferramentas, a uma comunidade dinâmica e aprende e trabalha em conjunto com profissionais experientes do setor.
Local: Amesterdão

Careerfoundry: Instalada em Berlim, esta escola de programação promete ajudar a transformar a carreira de qualquer pessoa entre quatro a 12 meses com cursos online flexíveis e orientados para UX Design, UI Design e Desenvolvimento Web. A escola oferece orientação individual de profissionais do setor. Tudo o que o aluno precisa é de um laptop e de uma ligação à Internet. A Careerfoundry ensina as competências tecnológicas mais requisitadas e garante o reembolso total da formação caso o aluno não encontre um emprego nos seis meses seguintes após a conclusão do programa.
Local: Berlim

Codeworks: Este é o bootcamp especialista em JavaScript na Europa, um curso intensivo de programação de 12 semanas. Conhecido por ser altamente seletivo, o Codeworks oferece um programa intensivo com um currículo bem adaptado ao mercado de trabalho e possui uma taxa de contratação de 100% dos seus alunos.
O programa é dividido em três partes: curso de introdução remota de 4 semanas sobre os fundamentos da programação, seguido de um pré-curso e, em seguida, um campo de formação de 12 semanas em período integral, 6 dias por semana, 11 horas por dia.
Local: Barcelona

Code Institute: É o primeiro campo de formação de programação classificação por créditos, dedicado à formação de programadores através de um programa online ou em sala de aula. Através da classificação por créditos da Edinburgh Napier University, os formandos recebem um Diploma reconhecido mundialmente em Desenvolvimento de Software, proporcionando a perfeita ligação entre academia e indústria. O Code Institute também oferece, por exemplo, um bootcamp online de 14 a 60 semanas. Todos os cursos do Code Institute são projetados para que os alunos terminem com um portefólio profissional e competências prontas para o mercado de trabalho.
Local: Dublin

Founders and Coders: Este é um bootcamp de programação gratuito com duração de dezoito semanas, focado em HTML, CSS, JavaScript, Node.JS e outros elementos básicos do desenvolvimento Web, além de gestão de projetos e empreendedorismo. Esta escola tem a missão de provar que, para muitas pessoas, a aprendizagem conduzida por pares é a forma mais eficaz e menos dispendiosa para o setor de tecnologia. Além do Coding Bootcamp, a escola também tem o Tech for Better, um programa de desenvolvimento de aplicações para organizações sem fins lucrativos e empreendedores sociais em Londres, Nazaré (Israel) e Gaza.
Local: Londres

General Assembly: Esta escola está a criar uma comunidade global de indivíduos habilitados a seguir uma carreira na tecnologia, através de programas imersivos a tempo integral, cursos longos e aulas e workshops sobre as competências mais relevantes do século XXI – desde desenvolvimento Web e design da experiência de utilizador até fundamentos empresariais, ciência de dados, gestão de produtos e marketing digital. A General Assembly oferece cursos online e no campus (período integral e meio tempo).
Locais na Europa: Londres e Paris

Ironhack: Esta escola tem três áreas de formação: Desenvolvimento Web, Design de UX / UI e Análise de Dados. Cada curso é oferecido no formato bootcamp (9 semanas) ou em período parcial (24 semanas). Conhecida como uma das melhores escolas de codificação e design do mundo, a Ironhack está presente em nove locais – seis deles na Europa.
Recentemente, recebeu um financiamento de 4 milhões de dólares (3,6 milhões de euros) da Série B para continuar a sua expansão internacional. Mais de 2 mil Ironhackers fazem parte dessa crescente comunidade e alguns deles já foram contratados pelo Google, Twitter, Mango, Orange e Visa.
Locais na Europa: Amesterdão, Barcelona, Berlim, Lisboa, Madrid, Paris

Le Wagon: É um programa de programação intensivo de nove semanas e sua popularidade vem do programa full-stack com classificação elevada, agora oferecido em 34 campos, em 22 países (12 locais na Europa). Desde a sua abertura em 2014, mais de 5.270 formados criaram mais de 1.300 produtos e lançaram mais de 290 start-ups.  Desde abril de 2019, também oferecem cursos em part-time e têm um programa executivo totalmente dedicado a funcionários que trabalham para grandes empresas que desejam aperfeiçoar as suas competências digitais.
Locais na Europa: Amesterdão, Barcelona, Berlim, Bruxelas, Copenhaga, Lausanne, Lisboa, Londres, Madrid, Milão, Oslo, Roma

Makers: Este bootcamp de programação com sede em Londres é um curso altamente seletivo, de 12 semanas, a tempo inteiro, focado em Ruby on Rails, HTML5 e CSS3, Javascript e JQuery, Git e Heroku. A Makers Academy é considerada uma escola de programação de elite e altamente competitiva, oferecendo um acesso rápido e fiável para a indústria de tecnologia. Também oferece formação em engenharia de software para uma carreira de longo prazo como programador de software. A nova geração de talentos em tecnologia já foi contratada pela British Gas, Tesco, Deloitte, Monzo, Google, Lego, Deliveroo e muitas outras.
Local: Londres

NEOLAND: é uma escola especializada em formação no setor digital. Oferece bootcamps, Masters e cursos part-time de UX / UI Design, Full Stack e Data Science. Quando os cursos terminam, os alunos da NEOLAND estão totalmente preparados para trabalhar. A escola de programação tem um campus em Madrid e outro em Barcelona e, além disso, todos os seus cursos estão disponíveis online. Uma nota importante: Os cursos são integralmente em espanhol.
Locais: Madrid e Barcelona

Skylab Coders Academy: O Skylab oferece um programa de formação de 11 semanas a tempo inteiro, através do qual o formando dominará a programação Web e de aplicações durante mais de 440 horas de formação, projetos e trabalho prático, culminando com um dia de demonstração. Cerca de 96% dos estudantes da Skylab obtêm um emprego em desenvolvimento Web. Também neste caso os cursos são em espanhol.
Local: Barcelona

Spiced: Uma escola de Berlim que oferece programas de 12 semanas no local, em tempo inteiro, focados em JavaScript (Full Stack Web Development) e Python (Data Science). Descrito como um ambiente intenso, amigável e aberto para uma entrada rápida e sólida no desenvolvimento da Web. Os participantes concluem projetos emocionantes todas as semanas, individualmente e em pequenas equipas, permitindo que aprendam da maneira mais eficaz. Com uma taxa de emprego de 92%, os formados já encontraram empregos no SoundCloud, Contentful, Move24 e muitos outros locais.
Local: Berlim

Ubiqum Code Academy: Oferece cursos intensivos de 3 e 5 meses em programação e análise de dados, com base na metodologia “Aprenda fazendo”, criada por Roger Schank, um cientista cognitivo e investigador de Inteligência Artificial. A Ubiqum é uma das poucas escolas que oferece um plano de pagamento 50/50, o que significa que os participantes pagam metade das taxas do curso no início do programa e o restante quando conseguem um emprego.
Locais: Barcelona, Madrid, Berlim, Amesterdão

Wild Code School: A Wild Code School oferece um programa de formação de 5 meses e ensina competências digitais, através de uma abordagem de aprendizagem combinada em 19 campos por toda a Europa. Os participantes podem escolher entre Vue.js, PHP / Symfony, JavaScript, AngularJS, React ou Java e Android e, durante o período de formação, devem participar de Workshops e concluir três projetos, incluindo um com um cliente real.
Locais: Berlim, Bruxelas, Bucareste, Lisboa, Londres, Madrid e 13 locais em França

Comentários