A Scoring vai certificar as empresas que se destacaram por setor e região em 2020. As candidaturas são gratuitas e decorrem até 9 de junho.

A Scoring, empresa de serviços nas áreas de gestão estratégica e financeira, estudos de mercado e de formação, acaba de lançar duas novas certificações, TOP 10+ Setores e TOP 10+ Regiões. O objetivo é destacar as empresas que aliam um volume de negócios relevante aos melhores índices de desempenho e de solidez financeira (superior a 80%), promovendo os negócios e os empreendedores das mais variadas áreas e regiões.

As certificações Top10+ Setores e Top10+ Regiões oferecem uma perspetiva de continuidade e de confiança junto dos clientes, colaboradores e da opinião pública, explica a empresa em comunicado.

“A certificação TOP10+ é a distinção económico-financeira, para PME, mais seletiva em Portugal, sendo acessível, anualmente, a um máximo de 600 entidades”, afirma Carlos Gouveia, CEO da Scoring.

O responsável acrescenta ainda que “as empresas TOP 10+ regem-se pela máxima da sustentabilidade em gestão de que não basta vender bastante é preciso vender bem, salvaguardando margens justas, fidelização de clientes e bons níveis de produtividade. Esta é também uma oportunidade de destacar empresas com negócios diferenciadores, muitas vezes em locais pouco convencionais e que contribuem para elevar o nome de Portugal no exterior”.

As empresas que se candidatam à certificação Scoring terão de passar por várias fases de um processo para a obtenção do reconhecimento. Numa fase inicial, é calculado o indicador “qualidade económica das vendas”, que se traduz no “índice de desempenho e solidez financeira” vezes o “volume de negócios anual”. Este indicador de qualidade económica das vendas” é o que melhor espelha a capacidade das empresas no cumprimento desse objetivo: o de aliar um volume de negócios significativo a um elevado índice de desempenho económico e de solidez financeira, alcançando a excelência.

De forma a garantir a isenção e rigor de todas as candidaturas existe uma comissão científica, uma auditoria independente, realizada pela Bureau Veritas, e assegurada a integridade dos dados pela Assoft.

As entidades que apresentem os dez melhores valores de qualidade económica das vendas” da sua categoria, são distinguidas com a certificação TOP 10+. Caso a empresa seja elegível, só a subscrição permite a confirmação e a posterior promoção da distinção através dos canais de comunicação desenvolvidos pela Scoring.

Para todas as empresas destacadas “apresentamos um selo digital personalizado, com o número de identificação fiscal e a região ou o setor ao qual pertencem, uma imagem personalizada relativa à certificação na assinatura de e-mail, no website e no estacionário da empresa. É, ainda, emitido um certificado e relatório financeiro, comprovativos da análise de contas e dos valores apurados e a divulgação digital numa plataforma e no diretório de empresas certificadas”, conclui Carlos Gouveia.

Para se candidatarem às certificações, as empresas devem, no caso da TOP+ Regiões, estar sedeadas na região de candidatura e, no caso da TOP+ Setores, apresentar pelo menos 50% do volume de negócios anual, no setor de atividade ao qual se candidata

As candidaturas às certificações Scoring são gratuitas, sendo que o prazo para a sua receção termina no dia 9 de junho.

Comentários