Iberis Capital investe na Eurox Group que vai criar unidade de produção de canábis em Portugal

A Eurox Grupo vai criar uma nova unidade de produção de canábis medicinal no Alentejo e espera contratar entre 15 a 20 novos postos de trabalho.

A Iberis Capital, gestora de fundos de private equity, investiu 2 milhões de euros na Eurox Group, empresa alemã produtora de canábis medicinal.

O investimento, que foi realizado através do Fundo Iberis Bluetech, insere-se numa ronda de captação de capital que ascendeu a 4,4 milhões de euros e que a Eurox Group irá agora aplicar numa nova unidade de Investigação & Desenvolvimento (I&D) a desenvolver na sua subsidiária Canneurox Portugal. A empresa portuguesa tem o reconhecimento de idoneidade da Agência Nacional de Inovação (ANI) para a prática de atividades de I&D na Indústria Farmacêutica. Assim, a Iberis Capital realizou o investimento através de um fundo de apoio à I&D reconhecido no âmbito do programa SIFIDE.

De acordo com Luís Quaresma, Partner da Iberis Capital, “estamos muito satisfeitos em apoiar a Eurox Group no desenvolvimento da capacidade de I&D na sua operação portuguesa. Isso inclui novas áreas importantes para o desenvolvimento do conhecimento nesta área. Estamos ansiosos para participar no projeto e contribuir para tornar a Eurox na líder europeia em medicamentos à base de canábis.”

Na sequência deste financiamento, a Eurox Group irá centralizar em Portugal áreas como a pesquisa em genética de plantas, processos de extração de produtos e aplicações moleculares e biológicas. Este será o novo hub de I&D da Eurox Group na Europa e espera-se que crie condições para que a empresa se torne no líder europeu do mercado de canábis para fins medicinais, explica a Iberis Capital em comunicado.

“A Eurox continuará a concentrar-se em projetos-chave, como é o caso da sua subsidiária portuguesa, e continuará a expandir os seus negócios comerciais em toda a Europa e a canalizar conhecimentos de mercado para o seu programa de desenvolvimento”, explica Bernhard Babel, co-Managing Director da Eurox,

Durante a primeira fase da nova unidade, a Eurox Group prevê criar entre 15 e 20 novos postos de trabalho diretos em Portugal. A localização da unidade está prevista para o município de Grândola, no Alentejo.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados