A cidade de Faro encabeça a lista de melhores destinos para acampar no outono em Portugal, seguindo-se o Gerês e Lisboa, de acordo com o motor de pesquisa Holidu, que sugere ainda atividades para os campistas realizarem.

A pensar na leveza que nos traz o outono, a Holidu, motor de pesquisa para casas-de-férias, decidiu determinar quais os melhores destinos para experienciar esta sensação todos os dias. Foi, então, criada – através da análise do número de opções de campismo disponível e a popularidade dos destinos no Google, bem como o número médio horas de sol durante os meses de setembro a dezembro – uma classificação dos 10 melhores destinos para acampar no outono.

1. Faro | Camping Score: 10
Faro ocupa o primeiro lugar como o melhor destino para acampar em Portugal. “Não é dificil perceber a razão, com o seu clima espectacular e natureza deslumbrante”, afirma a Holidu. Faro é a maior cidade do Algarve e tem algumas atrações imperdíveis. A cidade velha com a catedral e outros edifícios históricos pode ser explorada a pé. Aqui encontrará também a autêntica vida quotidiana portuguesa, que há muito desapareceu na maior parte das estâncias turísticas do Algarve. Cultura, praias, vida noturna e bela natureza nas proximidades imediatas são algumas das atrações que o esperam durante a sua estadia.

3 atividades que os campistas não podem perder:
– Percorrer o trilho de Hiking Ludo;
– Observação de vida selvagem no Parque Natural da Ria Formosa;
– Fazer uma viagem de observação de golfinhos

2. Gerês | Camping Score: 9.74
Em segundo lugar encontramos o Gerês. Claramente um eterno favorito para campismo em Portugal, com 10260 pesquisas na Internet. Durante o seu campismo esperam-lhe maravilhas como: A vegetação luxuriante, proliferando em todos os tons de verde, incluindo uma floresta de azevinho, a única no país, e espécies como o lírio do Gerês, que anima os campos com as suas tonalidades de azul-violeta. Nas serras da Peneda, Soajo, Amarela e Gerês, que fazem parte do parque, rios e riachos correm, descendo em cascata e depois espalhando-se em reservatórios.

3 atividades que os campistas não podem perder:
-Caiaque e canoagem no reservatório de Caniçada;
– Passeio jipe e moto 4 nas montanhas;
– Caminhada e mergulho no parque nacional do Gerês.

3. Lisboa | Camping Score: 9.25
No lugar mais baixo do pódio temos a capital de Portugal, Lisboa. “Um dos fatores que nos leva a escolher esta cidade é o fácil acesso que proporciona à natureza deslumbrante e encantadora”, explica o mortor de pesquisa.  Com espécies vegetais e animais únicos e locais perfeitos para as observar, descubra os vários parques e reservas naturais onde pode trocar parte das suas férias na cidade para contacto com a natureza.

3 atividades que os campistas não podem perder:
– Passeio de barco pelo rio Tejo;
– Piquenique ao final da tarde no parque de Monsanto;
– Miradouro do Castelo de São Jorge.

4. Porto | Camping Score: 8.91
Em quarto lugar surge a cidade invicta. A popularidade do destino, com 13020 pesquisas na Internet, faz com que o Porto seja um dos principais destinos para campismo no nosso país. Desde o seu clima, horas de sol, atividades e as pessoas fazem com que este destino atraia cada vez estrageiros e portugueses.

3 atividades que os campistas não podem perder:
– Passear de bicicleta ao longo do Rio Douro;
– Prova de vinho do Porto;
– Subir a Torre dos Clérigos.

5. Funchal | Camping Score: 8.14
O Funchal é um destino para os amantes da natureza. Este paraíso tropical tem uma flora e fauna únicas. Ficará deslumbrado com a cor e o aroma das saborosas frutas exóticas nas bancas dos mercados tradicionais. Irá nadar em piscinas naturais classificadas entre as mais belas piscinas naturais da Europa. Viverá experiências e aventuras no coração da natureza intocada da Madeira, o paraíso para os amantes da natureza. Esta será a viagem de uma vida!

3 atividades que os campistas não podem perder:
– Parapente na ilha;
– Observação de baleias e golfinhos;
– Passeio pela Levada do Alecrim.

6. Leiria | Camping Score: 7.46
Leiria encontra-se em sexto lugar. Desde mercados, rios, castelos e praias, este destino é um autêntico tesouro. No magnífico rio Lis – que ao contrário de outros rios, corre para o Norte (outra curiosidade de Leiria) – existe uma zona ideal para andar de bicicleta e a pé. Nesta zona pode, ainda, visitar dois museus espantosos: Museu de Leiria e o Museu do Moinho de Papel, duas referências culturais da cidade.

3 atividades que os campistas não podem perder:
– Arborismo no parque Parque Aventura Pousos;
– Stand-up paddle no rio Lis;
– Hiking pelas margens do rio Lis.

7. Mira | Camping Score: 6.81
Em sétimo lugar Mira. A região é caracterizada por uma heterogeneidade territorial que se unem num conjunto de valores ambientais e patrimoniais. Trata-se de uma vila com tradições piscatórias bem enraizadas, onde ainda se pode assistir à prática da arte xávega – única no mundo – com seus bonitos barcos “meia-lua”. A pé ou de bicicleta, os visitantes são convidados a conhecer o património natural e cultural do concelho de Mira, através dos 30 km de pista ciclo-pedonal e dos cerca de 60 km de percursos pedestres.

3 atividades que os campistas não podem perder:
– BTT Rota das Lagoas;
– Mergulho na praia de Mira;
– Visita à Capela de N.ª Sr.ª da Conceição.

8. Moncarapacho | Camping Score: 6.74
Um destino desconhecido. Numa primeira impressão, parece pouco o que o destino tem para oferecer. Contudo preenche requisitos para muitos tipos de turismo. Para os experientes em caminhadas, Moncarapacho apresenta diversos caminhos e trilhos para percorrer. Os interessados em arqueologia devem visitar o museu paroquial e para os que gostam de visitar igrejas a “capela de santo cristo” é um ponto a não perder.

3 atividades que os campistas não podem perder:
– Museu paroquial de Moncarapacho;
– Pista de Btt no Cerro de São Miguel;
– Caminhada pelo Cerro da Cabeça.

9. Costa da Caparica | Camping Score: 4.61
Em nono lugar a Costa da Caparica. Quando pensamos neste destino somos, automaticamente, levados para praia, ondas e “beach clubs”. “Por isso, quando falamos em campismo, vemos que este tema não é tão linear quanto assumimos, podemos apanhar umas ondas, desfrutar de umas bebidas e aproveitar o sol e não apenas os passeios de bicicleta ou caminhadas. Como tal, não tenha medo e venha descobrir um campismo diferente do que está habituado”, sugere a Holidu.

3 atividades que os campistas não podem perder:
– Apanhar umas ondas na praia de São João;
– Stand-up paddle na Praia do CDS;
– Parapente por cima da Vila.

10. Aldeias do Xisto | Camping Score: 2.25
A fechar o top as Aldeias do Xisto. Onde tudo está ligado à natureza, à terra e às pessoas. Um destino ainda por explorar por muitos portugueses e estrangeiros. Aqui, toda a tecnologia e gadgets devem ser deixados na tenda. Durante a noite experimente olhar para o céu e deslumbre-se com o espetáculo de estrelas.

3 atividade que os campistas não podem perder:
– Centro de BTT para um passeio radical;
– Canoagem pelos rios, ribeiras e barragens;
; Escalada pela Crista do Zebro.

Comentários