Coworking: Avila Spaces cria solução alternativa ao escritório e ao homeoffice

Flex Office é a nova solução apresentada pelo Avila Spaces como alternativa à sede das empresas e à casa dos colaboradores, ou seja, o terceiro espaço, e que surge em resposta ao contexto de pandemia.

O espaço de coworking Avila Spaces, que tem instalações na Avenida da República e na Avenida João Crisóstomo, em Lisboa, tem uma nova proposta de espaços de trabalho partilhados que surge como resposta a um ano que obrigou muitas empresas a redefinirem o seu negócio, o seu modelo de trabalho e a sua organização.

O Flex Office é a evolução da oferta que o Avila Spaces já tinha com o Business Lounge e o espaço de coworking e que agora permite tirar partido destes dois modelos de trabalho sem mais custos para os utilizadores.

“Esta pandemia fez com que as pessoas vivessem afastadas umas das outras, mas veio reforçar o espírito de comunidade e colaboração. O Avila Spaces assume-se, assim, como um escritório satélite entre estas duas realidades, que volta a aproximar as pessoas num ambiente seguro e com vários serviços premium incluídos”, afirma Carlos Gonçalves, CEO do Avila Spaces, citado em comunicado.

O Flex Office baseia-se numa oferta de espaços de trabalho que podem ser subscritos de acordo com as necessidades dos utilizadores, inclusive com a compra de um passe pré-pago de acesso ao Business Lounge do Avila que, por 15 euros, permite usar este espaço durante dez dias, em regime de hostdesking. A alternativa a este passe é uma subscrição mensal de 150 euros que dá acesso ao espaço durante todos os dias úteis da semana, das 8 às 20 horas.

“Espaço de cowork, salas de reunião, phone boots individuais, salas para videoconferência, copa, terraço, lounge e escritórios privados que podem ser usados numa base muito flexível. Este modelo híbrido de trabalho é mais económico, na medida em que permite uma redução de 70% dos custos, considerando o custo por colaboradores num escritório no centro de Lisboa. Espaços como o nosso contribuem para voltar a ligar as pessoas”, refere Carlos Gonçalves.

Fundado em 2004, o Avila Spaces conta atualmente com mais de 600 clientes nacionais e internacionais e é membro e representante em Portugal da maior rede de centros de negócios do mundo, a eOffice International Network. Esta rede tem mais de 300 localizações e é gerida a partir do Reino Unido.

Comentários

Artigos Relacionados