Economia, política e a luta por um futuro melhor são os temas centrais do livro do Prémio Nobel da Economia, Paul Krugman. Um guia para explicar os princípios básicos da economia.

Do que fala
O novo livro de Paul Krugman tem por base alguns dos textos, entre outros, que escreveu para a sua coluna do New York Times. Neles, o Prémio Nobel da Economia de 2008, aborda temas fundamentais como a União Europeia e o Brexit, a luta pelo serviço nacional de saúde nos Estados Unidos, a crise financeira de 2007-2008, o ataque à Segurança Social e o argumento fraudulento de que os cortes fiscais para os ricos beneficiarão todas as pessoas – aquilo que define como o maior dos “zombies”.

No “Discutir com Zombies”, Krugman – “o colunista mais odiado e mais admirado nos Estados Unidos da América”, como define Martin Wolf, do Financial Times” – transforma os leitores em consumidores inteligentes dos noticiários, descodificando os conceitos que estão por detrás dos impostos, do sistema de saúde, do comércio internacional, entre muitos outros.

Neste trabalho, Paul Krugman assume-se como “o maior inimigo da economia zombie, dos equívocos que teimam em não desaparecer”, refere a crítica internacional.

Quem escreveu
Paul Krugman nasceu em Nova Iorque, em 1953. Formou-se em Yale e doutorou-se no M.I.T, universidades onde depois foi professor, tal como em Stanford. Autor de mais de 200 artigos e 27 livros, tem um currículo extenso onde se incluem, por exemplo, as funções como membro do Conselho de Economistas, na Casa Branca, entre 1982 e 1983. Em 1991, recebeu a medalha John Bates Clark, da American Economic Association.

Colunista do New York Times há duas décadas, Krugman recebeu o Prémio Nobel de Economia em 2008 e, em fevereiro de 2012, o grau de Doutor Honoris Causa da Universidade de Lisboa, Universidade Técnica de Lisboa e Universidade Nova de Lisboa. Também é professor de Economia na Universidade de Princeton.

Temas Chave
Economia, política, sociedade

Ficha técnica
Título: Discutir com Zombies
ISBN: 9789722365703
Edição: junho 2021
Editora: Editorial Presença
Idioma: português
Encadernação: Capa mole
Páginas: 464

Comentários