Completamos a lista de livros sugerida pela JPMorgan Chase para este verão. A diversidade de títulos e temáticas abordadas vão ao encontro dos gostos mais ecléticos.

No artigo5 livros de não ficção para ler este verão” apresentámos os primeiros destaques da lista anual de 10 sugestões que a gigante do setor bancário JPMorgan Chase recomenda. Embora maioritariamente as sugestões de leitura sejam de negócios e finanças, existem outras com tópicos muito abrangentes. Apresentamos mais cinco sugestões de leitura da JPMorgan, com uma breve descrição de cada título.

1.”The Prosperity Paradox: How Innovation Can Lift Nations Out of Poverty”
Autores: Clayton Christensen, Efosa Ojomo e Karen Dillon
Descrição: Embora a caridade tenha tirado muitas pessoas da pobreza ainda há um elevado número de pessoas pobres em todo o mundo. De acordo com os autores Christensen, Ojomo e Dillon, “750 milhões de pessoas ainda vivem em pobreza extrema, sobrevivendo com menos de 1,90 dólares (1,67 euros) por dia”.
O livro “The Prosperity Paradox: How Innovation Can Lift Nations Out of Poverty” explica que os projetos de solidariedade ajudaram, mas muitos milhões foram canalizados para países pobres sem os resultados esperados.  A forma real de criar crescimento duradouro nessas comunidades é optar por soluções de longo prazo.

2. “My Mexico City Kitchen: Recipes and Convictions”
Autora: Gabriela Cámara
Descrição: A Cidade do México é um dos maiores destinos culinários do planeta e a chef Gabriela Cámara mantém-se fiel à cultura mexicana nas suas receitas. Este livro inclui clássicos da gastronomia como chilaquiles verdes, chiles rellenos e flan de cajeta, bem como as tostas de atum criação da própria Gabriela Cámara. Mas além do gosto tradicional a chef dá um toque moderno às suas receitas e diz que quase tudo pode ser parte de um taco.

3. “Range: Why Generalists Triumph in a Specialized World”
Autor: David Epstein
Descrição: Pode ser comum a ideia de que os maiores líderes mundiais, artistas e atletas tiveram sucesso porque focaram a atenção e treino numa só coisa. Mas David Epstein descobriu que são os generalistas, e não os especialistas, os mais bem sucedidos.

Todos os visionários e lendas tinham múltiplos talentos além daqueles pelos quais ficaram conhecidos. As noções de sucesso de Epstein parecem incoerentes para a maioria dos leitores – descobrir o seu caminho mais tarde na vida, falhar em testes e trocar de emprego com frequência – mas a pesquisa prova que estas alternativas funcionam.

4. “D-Day Girls: The Spies Who Armed the Resistance, Sabotaged the Nazis, and Helped Win World War II”
Autora: Sarah Rose
Descrição: Em 1942, quando a Grã-Bretanha era a única nação na Europa Ocidental a lutar contra a Alemanha nazi, 39 mulheres espiãs foram recrutadas para atravessar o Canal da Mancha e sabotar as operações nazis em França. Sarah Rose conta a história de três dessas mulheres – algumas com convicções patrióticas ao ponto de arriscarem as suas vidas, outras donas de casa em busca de aventura. Nos dois anos que antecederam o Dia D, estas mulheres corajosas sabotaram linhas férreas, fizeram emboscadas a tropas nazis, ludibriaram a Gestapo e recolheram informações. Sem elas, os Aliados não teriam vencido a Segunda Guerra Mundial

5. “Atlas Obscura: Explorer’s Guide for the World’s Most Adventurous Kid”
Autores: Dylan Thuras e Rosemary Mosco
Descrição: Atlas Obscura preparou um conjunto de livros de viagem informativos baseados no seu site. A publicação mais recente foi idealizada para crianças aventureiras com vontade de viajar. Juntamente com ilustrações coloridas, as crianças podem aprender sobre as cavernas do México, múmias francesas ou as quedas de água africanas sem sair de seus quartos.

Comentários