São ambos brasileiros e ambos escolheram Portugal para prosseguir as carreiras  profissionais. Cíntia Mano é business angel e está ligada à REDangels e à COREangels Atlantic, entre outros projetos. Marcelo Bastos é fundador e criou a start-up Sizebay. São os convidados Spe Futuri, Investidores desta semana. Amanhã às 12 horas nas redes sociais do Link To Leaders.

Esta semana Cíntia Mano, business angel, na REDangels e na COREangels Atlantic, e Marcelo Bastos, da Sizebay, uma plataforma que ajuda os clientes que compram roupas ou calçado online a escolherem corretamente os tamanhos, são os protagonistas de mais uma sessão de conversas Spe Futuri, Investidores. Para além de terem em comum o facto de serem ambos brasileiros, são também parceiros de negócio, ela como investidora, ele como investido.

Numa conversa conduzida pelo empresário Ricardo Luz, os dois profissionais, que dividem as suas carreiras entre Portugal e o Brasil, abordam as diferenças culturais entre os dois países, os comportamentos de consumo distintos e o que separa brasileiros e portugueses na maneira de fazer negócios.

Não faltou uma análise ao ecossistema empreendedor nacional, às potencialidades do talento português e ao impacto da Covid nos negócios e, inclusive, na vida pessoal, já que a pandemia deixou Marcelo Bastos retido no Brasil e impediu Cíntia Mano de viajar para o seu país natal.

Para acompanhar nas redes sociais do Link To Leaders (Facebook, YouTube e LinkedIn).

Cíntia Mano é business angel e está ligada à REDangels e à rede COREangels Atlantic. Durante mais de 15 anos trabalhou em grandes empresas de diferentes indústrias, desde a mineração, às telecomunicações, consultoria estratégica, educação e TI.

A oportunidade de se tornar sócia de uma start-up inovadora para uma indústria tradicional levou-a a deixar o mundo corporativo. Começou a ser mentora de outras start-ups, quer a título individual quer integrada em programas de corporate ventures, e a dar conferências em universidades. Foi a partir daí que decidiu investir em start-ups. Atualmente é business angel na REDangels e na COREangels Atlantic, um grupo de investidores anjo focados em apoiar start-ups brasileiras na sua internacionalização para a Europa, através de Portugal. Este ano, a Sifted identificou-a como uma das oito investidoras portuguesas que tem contribuído para dinamizar o panorama nacional.

Marcelo Bastos é fundador da Sizebay, uma start-up que nasceu no Brasil em 2014 (conjuntamente com o sócio Janderson Araújo) e que apresentou ao mercado uma plataforma que ajuda os clientes de lojas online a escolherem o tamanho certo de roupa ou de calçado.

Chegou a Portugal no início deste ano, com os olhos postos nas possibilidades de crescimento para o mercado europeu. Foi também a primeira start-up brasileira investida pela COREangels Atlantic. Atualmente, Marcelo Bastos vive entre o Brasil e Portugal onde vai gerindo o desenvolvimento do seu projeto.

Esta é a 19. ª sessão de conversas com investidores e empreendedores realizada no âmbito da iniciativa Spe Futuri, Investidores, um projeto Link To Leaders em parceria com o empresário Ricardo Luz.

Reveja as outras conversas Spe Futuri, Investidores:

António Murta, fundador e CEO da Pathena, e Renato Oliveira, fundador e CEO da eBankit.
João Brazão, CEO da Eureekka e business angel, e João Marques da Silva, CEO da CateringAssiste.
Francisco Horta e Costa, managing director da CBRE, e Ricardo Santos, CEO da start-up Heptasense.
João Arantes e Oliveira, fundador e partner da HCapital Partners, e Nuno Matos Sequeira, diretor da Solzaima.
Tim Vieira, CEO da Bravegeneration, e Pedro Lopes, fundador da Infinitebook.
Luís Manuel, diretor executivo da EDP Innovation, e Carlos Lei Santos, CEO e cofundador da HypeLabs.
António Miguel, fundador e CEO da MAZE, e Guilherme Guerra, fundador e CEO da Rnters.
João Amaro, Managing Partner da Inter-Risco, e Carlos Palhares, CEO da Mecwide.
Pedro Lourenço, administrador da Ideias Glaciares, e Pedro Almeida, fundador e CEO da MindProber.
Alexandre Santos, diretor de investimento na Sonae IM e cofundador da Bright Pixel, e João Aroso, cofundador e CEO da Advertio.
Francisco Ferreira Pinto, partner da Bynd Venture Capital, e Eduardo Freire Rodrigues, cofundador e CEO da UpHill.
Basílio Simões, business angel e fundador da Vega Ventures, e Gustavo Silva, cofundador e CMO da Homeit.
Manuel Tarré, presidente da Gelpeixe, e Nuno Melo, cofundador e sócio da Boost IT.
José Serra, fundador e managing partner da Olisipo Way, e Tocha Serra, Partner & Startup Spotter da Corpfolio.
Stephan Morais, fundador e diretor-geral da Indico Capital Partners, e André Jordão, CEO da Barkyn.
Ricardo Perdigão Henriques, CEO da Hovione Capital, e Nuno Prego Ramos, CEO da CellmAbs.
Pedro Ribeiro Santos, sócio da Armilar Venture Partners, e Jaime Jorge, CEO da Codacy.
Miguel Ribeiro Ferreira, investidor e chairman da Fonte Viva, e João Cortinhas, fundador e CEO da Swonkie.

Comentários