O jogo Global de Fantasy Football da Sorare anunciou hoje uma ronda de capital inicial na ordem dos 4 milhões de dólares.

Quatro milhões de euros foi o montante de financiamento captado pela Global de Fantasy Football Sorare numa ronda de capital inicial liderada pela e.ventures, juntamente com a Partech, Fabric Ventures, Semantic Ventures e André Schürrle, o jogador que mais se destacou no Mundial de Futebol de 2014, e atuais investidores.

Com este investimento, e devido ao crescente número de utilizadores, a empresa detentora do jogo pretende reforçar a equipa até ao final de 2020. Por outro lado, a Sorare quer também concluir parcerias de licenciamento com cinco Ligas e 150 clubes até o final do ano, assim como adicionar ao jogo mais clubes portugueses nos próximos meses.

Fundada em outubro de 2018, a empresa criou um mercado online que permite aos utilizadores comprarem e venderem livremente colecionáveis digitais raros e oficiais, representando jogadores de futebol. O blockchain Ethereum é usado para determinar quem detém cartas digitais e o grau de exclusividade de determinadas cartas.

O jogo da Sorare (que foi lançado em março de 2019 pelos empresários Nicolas Julia e Adrien Montfort, que viram o potencial da tecnologia blockchain na criação de uma nova categoria na indústria de jogos desportivos) atraiu mais de 20 mil utilizadores e já conta com mais de 100 clubes de futebol em todo o mundo, entre os quais o FC Porto, Atlético de Madrid, Juventus ou Lille OSC Métropole, para que os fãs de futebol possam colecionar e jogar com seus os jogadores favoritos.

A empresa vendeu mais de 1 milhão de dólares em cartões em 50 países em pouco mais de um ano. O Sorare tornou-se num dos principais jogos no blockchain e tem vindo a registar o aumento contínuo da sua comunidade na área mais abrangente de adeptos e colecionadores de futebol. A plataforma de trocas multiplicou 10 vezes o seu volume, passando de 30 mil dólares, em dezembro de 2019, para 350 mil dólares, em junho deste ano, revelou a empresa em comunicado.

“A missão de Sorare consiste em tornar o Fantasy Football Global e gratificante com um novo tipo de colecionáveis: cartas de futebol digitais. Estamos a criar uma forma mais fácil para os adeptos de futebol alavancarem os seus conhecimentos sobre futebol e participarem no jogo. Estamos muito satisfeitos com o apoio proporcionado por um grupo incrível de investidores que ajudarão a impulsionar a adoção do Fantasy Football”, explicou Nicolas Julia, CEO da Sorare.

Comentários