Olisipo Way, Portugal Ventures e a Wisenext investiram 1 milhão de euros na plataforma de inteligência artificial agregadora de imóveis.

A Reatia acaba de concluir uma ronda de investimento de 1 milhão de euros e na qual participaram três investdidores: a Olisipo Way, a Portugal Ventures e a Wisenext. A start-up de metasearch direcionada para o mercado imobiliário recorre à inteligência artificial e à programação neurolinguística para agregar informação sobre os imóveis disponíveis no mercado, quer estes sejam de particulares ou de agências imobiliárias.

Desta forma, os agentes imobiliários podem aceder a métricas e informação fidedigna sobre o mercado imobiliário, atualizadas diariamente. Por outro lado, a tecnologia desenvolvida pela Reatia permite identificar imóveis duplicados com mais eficácia e rapidez, aumentando o seu potencial para a escalabilidade do negócio.

Com a entrada deste novo investimento, a Reatia planeia expandir a atividade para outros mercados europeus. Além disso, e até ao final do primeiro trimestre de 2021, a start-up quer reforçar as equipas de desenvolvimento, vendas e suporte no mercado nacional com cerca de 20 com profissionais.

Desde janeiro deste ano, a Reatia teve um crescimento acima dos 500% no número de utilizadores, entre eles agentes de grandes marcas de agências imobiliárias, assegura a plataforma.

A start-up foi criada em 2018 por Hugo Venâncio (um dos finalistas do Prémio João Vasconcelos – Empreendedor do Ano 2020), profissional que reconhece que têm um conhecimento único do mercado “e sabemos tratar os dados com a inteligência artificial, daí o grande crescimento que tivemos desde o nosso lançamento”. Hugo  Venâncio explica ainda que “durante o tempo de confinamento, aproveitámos o grande fluxo de novos utilizadores e continuámos a desenvolver novas ferramentas, como a Property Valuation Pro – uma ferramenta de simulação de avaliação de imóveis”.

A propósito deste investimento, Rui Ferreira, vice-presidente da Portugal Ventures, um dos três investidores nesta plataforma, afirmou que “ é com grande expetativa que a Portugal Ventures investe no projeto Reatia e na equipa liderada por Hugo Venâncio, que desenvolve, com recurso a IA, uma plataforma agregadora de imóveis particulares e de agências imobiliárias, inovadora para o acompanhamento do mercado imobiliário. Este investimento irá permitir que a Reatia introduza novos desenvolvimentos na sua plataforma, aumente a equipa e expanda a sua atividade em 2021, para novos mercados”.

Comentários