O Global Fintech Hackcelerator já arrancou e a KPMG está a desafiar as start-ups e fintechs portuguesas a participarem no concurso. Podem fazê-lo até 15 de junho.

As start-ups e fintechs nacionais que estejam interessadas em participar no Global Fintech Hackcelerator 2018, já podem apresentar as suas candidaturas. A iniciativa é promovida pela KPMG e pela sua plataforma de matchmaking no sector financeiro, a Matchi.

O concurso tem como target start-ups  de todo o mundo que, depois se serem selecionadas, apresentarão as suas propostas para responder a desafios da área das fintech, inclusão financeira, insurtech e regtech.

No total, o Global Fintech Hackcelerator vai  escolher 20 start-ups que, posteriormente, terão acesso a um programa de mentoring e um período de 12  semanas para desenvolver as ideias de negócio que irão apresentar no Singapore Fintech Festival. É neste evento, que decorre de 12 e 16 de novembro, que acontece a fase final da competição.

As propostas as start-ups que chegarem à final são apresentadas no Demo Day, perante um júri de profissionais de áreas ligadas ao sector financeiro. As soluções serão avaliadas de acordo com a relevância, inovação, potencial empresarial e capacidade de execução da equipa.

Organizado pela Autoridade Monetária de Singapura, o Singapore Fintech Festival é uma plataforma que reúne os principais stakeholders da comunidade regional e global de fintech, e que possibilita a partilha de soluções para problemas reais.Trata-se de um dos maiores eventos de fintech do mundo. Na edição do ano passado recebeu mais de 30 mil participantes.

Comentários