Google Workspace Individual chega à Europa. Portugal está fora da lista.

Demorou um pouco mais de um ano, mas o Google finalmente disponibilizou seu produto Google Workspace Individual aos clientes europeus, deixando Portugal de fora. As reuniões de grupo podem agora durar 24 horas e incluem extras, como gravação de chamadas e cancelamento de ruído.

O serviço Google Workspace Individual foi lançado há um ano para ajudar os pequenos negócios, na América do Norte e Latina, Japão e Austrália. Mas chega agora à Europa, excluindo países como Portugal, França, Espanha, Itália, Alemanha, Suíça e Reino Unido.

As ferramentas disponíveis no Workspace incluem versões personalizadas do Gmail, Calendário e Google Meet, para facilitar a organização e comunicação.

O lançamento na Europa vem acompanhado de novas funcionalidades. A possibilidade de fazer uma live streaming a partir do Google Meet diretamente para o YouTube é destacada como uma forma dos seus clientes conseguirem alcançar uma maior audiência. Os utilizadores podem também melhorar a sua conferência no Google Meet que pode durar 24 horas através de fundos imersivos, otimização de som e iluminação. E podem integrar os encontros em videochamada diretamente no trabalho, através da integração do Meet com as aplicações Docs, Sheets e Slides.

Além disso, os utilizadores terão a possibilidade de adicionar assinaturas eletrónicas no Google Docs, já que o sistema eSignature passa a estar integrado no editor de texto.

Comentários

Artigos Relacionados