Venceu a Bolsa Gap Year Nova SBE 2019 e quer viajar pela África do Sul, Moçambique, Quénia e Nigéria, mas com uma missão: ser voluntário em start-ups com impacto social. Para tal, José Próspero procura contactos de empreendedores que o queiram receber durante um mês e meio no próximo ano.

Desde 2016 que a faculdade NOVA SBE oferece uma bolsa de 5 mil euros (candidatura individual) ou 6.5 mil euros (candidatura dupla) para os alunos passarem do plano à prática e partirem para um gap year. Este ano, o vencedor foi o José Próspero, com o projeto Impossible Until Its Done.

O jovem estudante de Economia criou este projeto inspirado em Nelson Mandela, mas também nos empreendedores africanos “que com pouco fazem muito”.

Com o apoio da Bolsa Gap Year Nova SBE 2019, José Próspero poderá viajar para a África do Sul, Moçambique, Quénia e Nigéria, países onde pretende ser voluntário em start-ups de impacto social:  Objetivo? “Aprender com empreendedores inspiradores, mas também dar a conhecer ao mundo estes e outros empreendedores com os quais me cruzar nos diversos ecossistemas através das redes sociais”, explicou o jovem de 21 anos ao Link To Leaders.

A paixão pelo mundo empreendedor
O Impossible Until Its Done surge da paixão de José Próspero pelo mundo empreendedor despoletado na faculdade, pelo seu encanto por África e por querer aprender com quem “está realmente a fazer a diferença para no futuro eu próprio poder fazer a diferença, conta.

Na primavera de 2017 ganhei a paixão pelo empreendedorismo numa cadeira que realizei na faculdade e no ano seguinte fui para a China estudar. Aí ganhei a paixão por viajar e por conhecer outras culturas. À medida que ia crescendo, ia vendo as mais diversas histórias de voluntários de lá [na África e constatei que a sua experiência é gratificante. Criei um fascínio enorme e assim pensei que África fosse o local ideal para aprender, pois é onde os poucos recursos se juntam com a vontade de fazer mais”, explica o aluno finalista da Nova SBE.

Para poder fazer voluntariado em start-ups de impacto social nos quatro países que elegeu, José Próspero precisa agora de contactos de empreendedores “que estejam disponíveis para receber-me durante um mês e meio para que os ajudar nas mais diversas tarefas que possam ter”.

Resumo:
Responsável: José Próspero
Área: Empreendedorismo Social
Produto:  Start-ups
Mercado:  Africano
Necessidade:  Contactos de empreendedores na África do Sul, Moçambique, Quénia e Nigéria
Contacto: joseventuraprospero@gmail.com

 

Comentários