Esta semana o CEiiA vai ser apresentado como um case study de mobilidade sustentável em Sevilha.

A Organização das Nações Unidas e o Governo de Espanha  vão apresentar o CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto -, como um caso de estudo da mobilidade sustentável, no maior evento mundial relacionado com a aceleração e implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, previstos na Agenda 2030.

O encontro internacional está a decorrer até dia 27 deste mês, em Sevilha, Espanha, e conta com a presença de representantes de vários organismos da ONU, do Governo de Espanha, assim como de representantes de governos nacionais, regionais e locais, do setor privado, da academia e membros da sociedade-civil.

Ali estará em destaque o trabalho desenvolvido pelo CEiiA na área da mobilidade sustentável, bem como o seu envolvimento com as cidades, nomeadamente na Europa e América Latina.

Gualter Crisóstomo, diretor de Sustentabilidade Organizacional do CeiiA, congratulou-se com o convite endereçado pela ONU e pelo Governo de Espanha ao CEiiA que “vem mostrar a excelência do trabalho que o CEiiA tem vindo a desenvolver na área da mobilidade sustentável, não só a nível tecnológico, mas também, na metodologia que permite o envolvimento dos municípios, cidadãos, parceiros industriais e universidades na conceção, desenvolvimento e implementação dos projetos no terreno”, referiu em comunicado. A apresentação do CEiiA vai incidi no projeto AYRCredits que visa a valorização do CO2 evitado com a mobilidade sustentável e a criação de mercados locais de carbono, assim como o trabalho levado a cabo na dinamização de ecossistemas que promovem a inovação e a implementação dos ODS a nível local.

A par desta também estará em destaque o Living Lab de Matosinhos na área da mobilidade sustentável, também dinamizado pelo CEiiA em parceria com o município de Matosinhos, assim como a parceria feita com o município de Cascais, no âmbito do mobi.cascais, que prevê a integração de todos os modos de mobilidade citadinos da vila.

Comentários