Quando, em 2014, o Turismo Centro de Portugal apresentou em Viseu a primeira edição do Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal”, tinha uma ambição clara: fazer deste evento um caso de sucesso no panorama nacional.

Pela primeira vez, os especialistas mais conceituados da área do turismo iriam juntar-se para uma discussão aprofundada sobre o mercado interno – que é tão importante e tantas vezes desvalorizado. A qualidade dos intervenientes e dos debates que se geraram, nessa e nas edições que se seguiram, demonstrou o quanto este fórum era oportuno e necessário.

Muito se caminhou de então para cá. Depois de Viseu, levámos o “Vê Portugal” a Aveiro, Coimbra, Leiria e Guarda, consagrando este encontro como obrigatório e imprescindível para quem se interessa pelos assuntos do turismo. Este ano vamos juntar-nos novamente em Castelo Branco.

Sob o tema “Promoção Turística Nacional – que Modelo?” iremos juntar os presidentes e dirigentes das principais entidades regionais de turismo para uma conversa sobre o futuro do setor, numa mesa redonda que irá, seguramente, marcar este fórum. Destaque para a intervenção de Carlos Miguel, Secretário de Estado das Autarquias Locais, que fará uma apresentação da Lei-Quadro da Transferência de Competências para as Autarquias Locais e Entidades Intermunicipais, na qual mostrará a forma como se processará a articulação entre as diferentes organizações envolvidas na promoção turística.

O “Turismo Cinematográfico” é outro dos temas que decidimos levar à conversa. Este é um fenómeno crescente em todo o mundo, impulsionado pelo crescimento da indústria de entretenimento, e que possibilita aos destinos turísticos oportunidades de promoção ímpares. O “Turismo 4.0 – Portugal, Hub de Inovação Digital” é outro tema a que iremos dar destaque. Um conjunto de experts nacionais e internacionais de renome, virão dar o seu testemunho e deixar contributos que potenciem o desenvolvimento deste hub, uma aposta que pode transformar a face do turismo interno. A importância dos PROVERE como fatores de valorização dos territórios de baixa densidade será também central neste Fórum. Iremos dar também grande relevo à apresentação de projetos diferenciadores, que se impuseram a nível regional, nacional e internacional. Para isso, teremos connosco responsáveis de projetos como os Passadiços do Paiva, o Dino Parque da Lourinhã ou as Meias-Maratonas promovidas pela Globalsport.

Noutro momento do Fórum, abordaremos dois temas que se complementam: o “Turismo no Interior do País”, em que se falará do interior como alternativa aos tradicionais destinos de sol e praia, representando uma opção cada vez mais interessante para zonas rurais e cidades de pequena e média dimensão; e o “Turismo na Orla Costeira”, em que se dará conta dos projetos turísticos diferenciadores que têm surgido na nossa costa.

E como o turismo não se esgota em conferências, iremos voltar a ter o jantar oficial “Vê Portugal”, em que, pelo terceiro ano consecutivo, o Turismo Centro de Portugal irá homenagear personalidades que se destacaram no setor turístico nacional e regional. Serão também entregues os Prémios do Concurso de Empreendedorismo Turístico “José Manuel Alves” e o Concurso de Teses Académicas, instituídos pelo Turismo Centro de Portugal.

Esperamos por si, nos dias 21 e 22 de maio, no Cine-Teatro Avenida, em Castelo Branco.

Comentários

Sobre o autor

Avatar

Pedro Machado é Presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal desde 2013. Doutorado em Turismo, pela Universidade de Aveiro, é Mestre em Ciências de Educação, na Área de Especialização - Psicologia Educacional, pela Faculdade de Psicologia e... Ler Mais