O Turismo de Portugal, em parceria com os Territórios Criativos, vai lançar um programa para empreendedores que estudam nas escolas de hotelaria e turismo, o “Green Up”.

Qualificar a oferta turística, adaptando-a à identidade de cada território, e preparar empreendedores que saibam aproveitar o aumento de procura turística no interior de Portugal, na sequência da pandemia, é o objetivo do “Green Up”, o programa de Ideação em Turismo promovido pelos Territórios Criativos e pelo Turismo de Portugal e dirigido a escolas de Hotelaria e Turismo de todo o país

A valorização dos produtos e dos serviços endógenos, a sustentabilidade dos territórios e a promoção da economia circular são os pilares deste programa que arranca já no dia 26 de outubro na Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre, seguindo-se um “roadshow” por mais 11 escolas de hotelaria e turismo, entre 2 e 30 de novembro, com o objetivo de selecionar 70 empreendedores.

Para as equipas que se formarem, seguir-se-á um bootcamp de dois dias, em Alvaiázere, no distrito de Leiria, em dezembro. Depois, até meados de janeiro de 2021, as equipas serão acompanhadas e apoiadas na construção de 35 projetos de investimento, dos quais serão selecionados um grupo de finalistas. A Grande Final terá lugar no início de fevereiro.

“O aumento de procura turística no interior só será bem aproveitado por novos empreendedores se os investimentos potenciarem os produtos e os serviços locais, ou seja, qualificarem a oferta turística adaptando-a à identidade de cada território”, afirmou em comunicado Luís Matos Martins, CEO dos Territórios Criativos, a empresa de consultadoria e de apoio ao empreendedorismo que organiza o Green Up.

Comentários