A AssetFloow, que disponibiliza software de inteligência artificial para analisar o comportamento e otimizar o fluxo de pessoas, e a Bloq.it, que oferece uma solução para smart lockers, foram selecionadas para o programa brasileiro Brain. As duas start-ups estão agora na fase de desenvolvimento das suas soluções com a Algar Telecom.

O Brain, centro de inovação de negócios digitais do Brasil fundado pela Algar Telecom, em parceria com o Cluster TICE.PT (Pólo das Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica de Portugal) e com o Nexus (Hub de inovação do Parque Tecnológico São José dos Campos), selecionou duas start-ups nacionais, no âmbito do Brain Open – Edição Internacional.

O programa contou com a participação de empresas de 17 países e selecionou quatro start-ups. Para além das portuguesas AssetFloow e da Bloq.it, foram escolhidas também a Sirros IoT (Brasil), que disponibiliza soluções de IoT para aumentar a produtividade e eficiência de indústrias, e a Nexton (Itália), especializada em tecnologias inteligentes de TIC que desenvolve sensores externos, usando tecnologia sem fios.

As empresas selecionadas passaram por um processo de aceleração “pocket”, voltado para o desenvolvimento de Business Cases para a Algar Telecom. O objetivo consistia em melhorar as soluções a partir de workshops, sessões de mentoria e provas de conceito.

Agora as quatro start-ups estão a dar continuidade ao seu trabalho com a Algar Telecom, de forma a garantirem a escalabilidade do seu negócio.

O programa de aceleração Brain pretendia encontrar start-ups com soluções nas categorias temáticas de Smart Home/Office, voltadas para clientes B2B que trabalham em modelos híbridos (escritório físico e home office); e Espaços de Uso Coletivo, para os que atuam em locais públicos, com grande fluxo de pessoas e ativos, sejam eles públicos, como parques, ou privados, como indústrias e shoppings.

Comentários