A  Zephyr Aerospace lançou uma nova combinação de assento e cama de avião em conformidade com o distanciamento social exigido pela pandemia de Covid-19. A solução destina-se a passageiros da classe Económica Premium.

Há décadas que os assentos planos são um privilégio dos viajantes de negócios e de primeira classe, que podem pagar por este tipo de luxo. Mas esta inovação da start-up Zephyr Aerospace, sediada em São Francisco, pode levar o mesmo conceito para a classe Económica Premium. E não poderia ter chegado num momento mais oportuno, dando a possibilidade aos passageiros com orçamento limitado de se sentarem, deitar me dormir no mesmo assento, mantendo as regras de distanciamento social.

O Zephyr é um novo conceito de assento de avião que transforma os bancos em camas planas na classe Económica Premium nas aeronaves de corpo largo. A ideia, ainda na fase conceptual, pode revolucionar a experiência a bordo, isto numa altura em que as companhias aéreas estão a incentivar as pessoas a viajar novamente.

O primeiro conceito de assentos “de dois andares” para passageiros de classe Económica Premium proporciona uma cama confortável com acesso aos corredores numa configuração 2-4-2: com a mesma densidade que os espaços Económicos Premium existentes em 90% das companhias aéreas do globo. É a maneira mais barata de dormir em voos comerciais de longa distância, de acordo com a start-up.

A combinação de assento e cama do Zephyr proporciona aos viajantes em classe económica a mesma privacidade que têm os passageiros da classe executiva. Os assentos não mecânicos têm dispositivos móveis e são fabricados com materiais compósitos leves, reduzindo os custos diretos de manutenção para as companhias aéreas. Uma escada telescópica fornece acesso rápido e fácil à área superior e pode ser removida após o embarque.

A cobertura suspensa para os pés aumenta o espaço pessoal em cada assento, o que permite várias posições deitadas. Há até espaço para crianças pequenas e famílias ficarem próximas umas das outras (dependendo das regras de distanciamento social da companhia aérea). As transportadoras aéreas podem adaptar estes assentos para dormir com base nas suas preferências e nos standards do setor, e assim aumentar a receita extra.

O Zephyr Seat “oferece aos viajantes exatamente o que eles querem quando voam – privacidade e espaço pessoal – pelo preço mais acessível”, declara a Zephyr Aerospace, que lançou uma campanha de crowdfunding.

Comentários