Há uma nova tendência entre as start-ups emergentes. Em vez de trazerem os negócios tradicionais para o mundo online, estes projetos estão a servir grandes indústrias. Confira a lista e tire ideias.

Há apenas alguns anos, as start-ups unicórnio, projetos privados com uma avaliação superior a mil milhões de dólares (≈870 milhões de euros), eram uma espécie rara.

Empresas como a Uber e a Airbnb fizeram parte de uma primeira geração que tomou de assalto áreas de negócio como a hospitalidade, mobilidade e entrega de comida. Esta primeira fornada de visionários pegou em negócios tradicionais e disponibilizou-os nos smartphones de milhões de pessoas.

Esta forma de pensar elevou a avaliação destes projetos a níveis astronómicos. Prevê-se que estas duas empresas levem a cabo ofertas públicas iniciais (IPO) este ano – algo que antecipa avaliações de 105 mil milhões de euros (Uber) e de 27 mil milhões de euros (Airbnb).

Agora, em 2019, restam poucas indústrias que precisem desta atualização. As oportunidades para esta abordagem estão em vias de extinção e é por isto que a próxima potencial fornada de unicórnios tem uma nova forma de olhar para o mercado: construir software para indústrias específicas. Bancos, agricultura e gestão de informação são apenas algumas das áreas que estas soluções emergentes apresentam.

A ideia é transmitida por um estudo feito entre o jornal diário norte-americano The New York Times e a CB Insights, uma organização que faz o rastreamento de capital de risco e de start-ups.

A CB Insights levantou e analisou informação para chegar à conclusão de quais serão os próximos 50 unicórnios a surgir no universo das start-ups. Alguns dos critérios utilizados pela plataforma passaram pela saúde financeira do projeto e tamanho do mercado que este serve.

Apesar de não serem ideias de negócio tão entusiasmantes quanto as da geração anterior, que se focava nos clientes finais, estas indústrias gigantes servem milhares de milhões de pessoas diariamente e precisam de ser modernizadas, o que representa uma grande oportunidade de negócio para todas as start-ups de desenvolvimento de software.

Ainda que a tendência passe por criar aplicações que apoiem grandes indústrias, há projetos que fogem a este movimento, como a Alto Pharmacy, que levou os serviços farmacêuticos para o online.

A lista que se segue inclui os próximos 50 potenciais unicórnios:

Airwallex (Hong Kong): Sistema que deixa os negócios enviaram e receberem dinheiro de entidades estrangeiras.

Alto Pharmacy (São Francisco, EUA): Uma farmácia online.

Amplitude (São Francisco, EUA): Ferramentas de análise que ajudam as empresas a gerir os negócios digitais.

Beisen (Pequim, China): Ferramentas de gestão de talento.

Benchling (São Francisco, EUA): Software para empresas e investigadores na área das ciências da vida.

Better Cloud (Nova Iorque, EUA): Cibersegurança para as empresas de software em cloud.

Blend (São Francisco, EUA): Software de hipotecas e empréstimos para credores.

Braze (Nova Iorque, EUA): Software para mobile marketing.

C2FO (Kansas, EUA): Plataforma de serviços financeiros onde as empresas podem aceder a capital.

CarDehko Group (Jaipur, Índia): Oferece vendas, financiamento e seguro online para automóveis e serviços de educação.

CargoX (São Paulo, Brasil): Utiliza tecnologia para melhorar a eficiência das empresas de camiões.

Carta (São Francisco, EUA): Serviços de gestão de participação para investidores, fundadores e colaboradores.

Checkr (São Francisco, EUA): Verifica o background de colaboradores.

Citymapper (Londres, Reino Unido): Um mapa de trânsito e navegação para cidades.

ClearTax (Bangalore, Índia): Software para preencher taxas e gerir investimentos.

Contentful (Berlim, Alemanha): Software para conteúdo digital.

DailyHunt (Bangalore, Índia): App de notícias e entretenimento.

Datrium (Sydney, Austrália): Armazenamento de dados em cloud.

DeepMap (Palo Alto, EUA): Tecnologia de mapeamento para veículos autónomos.

Deputy (Sydney, Austrália): Software de gestão do horário dos colaboradores e tabelas de tempo

Domino Data Lab (São Francisco, EUA): Software para gestão de informação.

Earnin (Palo Alto, EUA): Empréstimos a curto-prazo.

Embark Trucks (São Francisco, EUA): Tecnologia de condução autónoma para camiões.

Expanse (São Francisco, EUA): Cibersegurança para os dispositivos de grandes organizações.

Faire (São Francisco, EUA): Marketplace para boutiques e pequenos vendedores.

Farmers Business Network (Califórnia, EUA): Plataforma online para os agricultores partilharem e analisarem informação e comprarem e venderem recursos.

Flywire (Boston, EUA): Software de pagamentos para transações globais.

Front (São Francisco, EUA): Software de colaboração por email.

Glossier (Nova Iorque, EUA): Produtos de beleza e cuidados da pele.

Grow Mobility (São Paulo, Brasil): Serviço de partilha de bicicletas e trotinetas.

HackerOne (São Francisco, EUA): Encontra e repara vulnerabilidades em software.

KRY (Estocolmo, Suécia): Serviço que liga pacientes a médicos através de dispositivos móveis.

MapBox (Washignton e São Francisco, EUA): Tecnologia de mapeamento.

Marqeta (Oakland, EUA): Infraestrutura de pagamentos para cartões de pagamento virtuais ou físicos.

Medbanks Network Technology (Pequim, China): Sistemas de oncologia.

Miaoshou Doctor (Cantão, China): Comunicação online entre médicos e pacientes.

Onshape (Massachusetts, EUA): Ferramentas de design em cloud para fabricantes.

Outreach (Seattle, EUA): Plataforma de melhoria de vendas.

Practo Technologies (Bangalore, Índia): Ligação entre pacientes e os serviços de prestação de saúde.

QuintoAndar (São Paulo, Brasil): Plataforma de arrendamento de imobiliário.

Razorpay (Bangalore, Índia): Tecnologia de pagamentos para vendedores online.

RigUp (Austin, EUA): Plataforma online para trabalhadores da indústria da energia.

SalesLoft (Atlanta, EUA): Tecnologia para aumento das vendas.

Segment (São Francisco, EUA): Plataforma de agregação e analisar de informação.

SiSense (Nova Iorque, EUA): Software de analise e visualização de informação.

Sonder (São Francisco, EUA): Dá acesso a aparthotéis (hotéis em formato de apartamentos) nas cidades.

Standard Cognition (São Francisco, EUA): Ferramentas de inteligência artificial para lojas físicas.

Upgrade (São Francisco, EUA): Plataforma online de empréstimos.

Xiangwushuo (Xangai, China) : Plataforma de troca de bens usados.

Zola (Nova Iorque, EUA): Ferramentas para registo e planeamento de casamentos.

Comentários

Sobre o autor

Avatar