A nova edição do programa Bora Mulheres é dirigido a mulheres com uma ideia de negócio ou um projeto já em curso e vai receber 200 empreendedoras de todo o país.

O Impact HUB está a preparar a segunda edição do programa de empreendedorismo “Bora Mulheres“, uma iniciativa apoiada pela Coca-Cola que tem como finalidade motivar e capacitar as empreendedoras portuguesas que queiram desenvolver uma ideia de negócio ligada ao setor da alimentação e bebidas, e que nesta edição assume o formato online.

Este ano o “Bora Mulheres” aposta ainda mais nas empreendedoras, com mentoria dedicada aos 15 projetos finais selecionados, após os workshops online. Os projetos escolhidos serão apoiados durante dois meses em temas como análise de mercado, prototipagem e modelos de negócio. Este processo de aceleração conclui com um demo-day, em janeiro, com a apresentação dos finalistas a um júri de especialistas.

Este projeto integra-se no compromisso global “5by20”, em que a Coca-Cola se compromete a empoderar cerca de 5 milhões de mulheres até 2020 em todo o mundo.

Nos workshops, que decorrem entre dias 6 e 22 de outubro, as participantes poderão conhecer novas ferramentas com formadoras como Sandra Isabel Correia, Margarida Pinto Correia, Sara do Ó, Isabel Saldanha, Inês Sequeira, Mariana Duarte Silva, Isabel Viegas, Meg Pagani e Cláudia Pedra.

As inscrições abertas até dia 28 de setembro no site. O programa é gratuito e conta com a colaboração de profissionais especialistas em empreendedorismo, presentes em mais de 50 países, através da rede Impact HUB.

Na edição de 2019, a primeira, o programa teve a participação de três centenas de empreendedoras em Lisboa e Porto. O “Bora Mulheres” é um programa de capacitação e formação no feminino, apoiado pela The Coca-Cola Company, inserido na sua estratégia de sustentabilidade “Avançamos” desenvolvida em conjunto com a Coca-Cola European Partners.

Comentários