A start-up portuguesa YData foi uma das três finalistas que representaram Portugal nas categorias “Startup of the Year” e “Best Newcomer”, tendo arrecadado este último galardão a nível internacional.

A YData foi eleita “Best Newcomer” e a sua cofundadora, Fabiana Clemente, foi distinguida como “Founder of the Year”, nos South Europe Startup Awards (SESA) 2021, um prémio que integra a rede dos Global Startup Awards (GSA) e que visa distinguir e reconhecer os melhores intervenientes do ecossistema de start-ups no sul da Europa. Esta competição abrange oito países do sul da Europa: Chipre, França, Grécia, Itália, Malta, Portugal e Espanha, e os vencedores de cada categoria representam o seu país na Grand Finale que decorre em Turim.

“É uma enorme satisfação ver a YData ser reconhecida pelo ecossistema europeu não só pelo trabalho já desenvolvido, mas também por ser considerada uma start-up com enorme potencial futuro. Este prémio é uma distinção para Portugal e comprova, uma vez mais, que estamos na linha da frente tanto a nível tecnológico como de talento. Queremos continuar a revolucionar e a ter um impacto positivo no mundo”, afirma Gonçalo Martins Ribeiro, sócio fundador e CEO da YData, em comunicado.

A start-up portuguesa YData foi uma das três finalistas que representaram Portugal nas categorias “Startup of the Year” e “Best Newcomer”, tendo arrecadado este último galardão a nível internacional ao ser considerada uma start-up ‘recém- chegada’ (com dois anos de existência) com potencial para se tornar start-up do ano no futuro, com um produto/serviço já disponível no mercado e no caminho para revolucionar a sua indústria e impactar positivamente a economia e o mundo.

A cofundadora da YData, Fabiana Clemente, foi igualmente distinguida nos South Europe Startup Awards ao ganhar o prémio de “Founder of the Year”, por ter demonstrado “fortes capacidades de liderança e ter atingido resultados de negócio excecionais, sendo uma inspiração para a sua equipa e um exemplo para a próxima geração de fundadores”.

“É uma grande honra e uma enorme satisfação ser reconhecida internacionalmente pelo meu trabalho e desempenho, que são também o resultado de todo o trabalho que tem sido desenvolvido pela Ydata. Acredito que esta distinção é um convite para continuar a fazer mais”, salienta Fabiana Clemente, sócia fundadora e chief data officer da YData.

Criada em 2019, a YData criou uma plataforma de preparação de dados, que não só acelera o desenvolvimento de soluções de Inteligência Artificial (IA) como também aumenta o retorno de investimento destas iniciativas. A tecnológica fechou recentemente com sucesso uma ronda de financiamento seed no montante de 2,7 milhões de dólares (2,65 milhões de euros). O financiamento foi liderado pelo Flying Fish Partners, fundo norte-americano especializado em IA e liderado por ex-diretores de IA da Microsoft e da Amazon, e contou ainda com a participação das sociedades de capital de risco portuguesas Faber e EDP Ventures, bem como dos business angels Steve Shwartz, Sergio Giacoletto e Carter Rabasa da 200 OK Ventures.

Comentários