Porque devem os fundadores investir no branding pessoal

Reputação, confiança e credibilidade são atributos que devem fazer parte do branding pessoal de qualquer fundador. Pode fazer a diferença entre ser bem ou mal-sucedido nos seus projetos.

Criar uma marca pessoal pode parecer, à primeira vista, narcisista, mas se é um empreendedor e está a criar uma start-up, a formar uma equipa e a tentar atrair os primeiros clientes, os benefícios de investir em si, na sua “marca pessoal”, podem ser a chave para ser reconhecido, ganhar credibilidade e a confiança do mercado e, por consequência, beneficiar o seu empreendimento.

Uma marca pessoal deve definir a sua reputação online e offline e ser a combinação única de skills, experiência e personalidade que certamente quer que os seus potenciais clientes, ou investidores, vejam. Como costuma dizer o fundador da Amazon, Jeff Bezos, “sua marca é o que as pessoas falam de você quando você não está na sala”.

Uma reputação pessoal forte ajudará a construir confiança na sua marca, uma peça fundamental para qualquer start-up em início de atividade. Se se posicionar como especialista de referência numa área específica é mais fácil as pessoas confiarem em si e, por consequência, no seu projeto, produto ou serviço. Os fundadores com credibilidade, paixão e personalidade também atrairão talentos mais facilmente para as suas start-ups.

É frequente ouvir dizer que muitas vezes os investidores investem nas pessoas e não apenas nos projetos. Por isso, nada melhor que mostrar como é enquanto pessoa, construindo a sua marca pessoal. Pode começar por implementar três dicas sugeridas pela Eu-Startups.

Atenção reforçada às redes sociais: Criar e distribuir conteúdo acessível e valioso é uma das maneiras mais eficazes de ganhar a confiança do público-alvo e conquistar o estatuto de autoridade no seu setor de atividade. Publique as suas opiniões sobre notícias recentes, conselhos para os consumidores e envolva-se com outras pessoas que fazem o mesmo em seu setor.

Rede: Mesmo num período em que o coronavírus domina é possível criar uma rede. Analise a melhor forma de aumentar a sua própria visibilidade através das plataformas de outras pessoas, seja como guest blogging ou como participante em painéis do Zoom com outros especialistas do setor. Não desperdice oportunidades para alavancar as comunidades de outros e aumentar a sua.

Criar a sua própria comunidade: Certifique-se de que está focado na construção de uma comunidade direcionada para um nicho específico. Pode criar um grupo privado no Linkedin para o seu público ou clientes, o que lhe dá a oportunidade de interagir com eles sempre que quiser. Também pode divulgar encontros virtuais, workshops ou grupos de mentores, o que lhe permite construir um relacionamento válido com o seu público.

Comentários

Artigos Relacionados