Plataforma escolheu Lisboa para acolher programa de aceleração de 12 semanas e tem até 100 mil euros para atribuir a cada projeto acelerado. Inscrições decorrem até 19 de dezembro.

O Poolside Accelerator, programa de aceleração que quer apoiar negócios de web3, escolheu Lisboa para implementar o seu primeiro bootcamp de 12 semanas. A aceleradora está à procura das melhores ideias e fundadores nas áreas de DeFi, gaming em blockchain, ReFi, ciência descentralizada e tecnologia ligada aos NFTs para alavancar e acelerar os seus negócios.

O programa de aceleração, com data de arranque prevista para 16 de fevereiro de 2023, vai oferecer mentoria e acompanhamento aos projetos de web3 na sua fase mais embrionária, mesmo antes de entrarem no mercado à procura de financiamento.

“O bootcamp é constituído por quatro pilares: a aceleradora através de um programa de 12 semanas em formato híbrido, o Poolside Accelerator que vai orientar e formar os empreendedores no sentido de construírem e escalarem as ideias de negócio na web3; o hub que será sediada no coração de Lisboa; a plataforma que vai continuar a trabalhar no seu roadmap enquanto tira partido de projetos que vão surgindo a partir da aceleradora, e a oferta de novos conteúdos e eventos será lançada de e para a comunidade e o espaço da web3”, explica a Poolside em comunicado.

Além do bootcamp, os projetos acelerados contam com um investimento de até 100 mil euros e acesso a capital para as fases seguintes do seu desenvolvimento.

Desde o final de 2020, a Polkastarter acompanhou mais de 110 projetos, na captação de investimento. Em média, estes empreendedores conseguiram captar 500 mil dólares (486 mil euros) para alavancar os seus projetos.

Os empreendedores interessados em integrar o primeiro grupo de ideias em web3 aceleradas podem inscrever-se no site da iniciativa até 19 de dezembro.

Comentários