Conheça as cinco empresas favoritas no mercado de ações para os investidores que movimentam mais dinheiro e que atualmente estão a incorporá-las no seu portfólio, segundo os analistas.

Como encontrar empresas que podem ter um melhor desempenho no mercado de ações durante este período de pandemia? Uma das fórmulas adotadas por muitos traders é analisar quais os investidores que movimento um  maior volume de capital e que têm uma maior percentagem no número de apostas que realizam.

Essas são as cinco empresas favoritas no mercado de ações para os investidores que movimentam mais dinheiro e que atualmente estão a incorporá-las no seu portfólio, segundo analistas citados pelo Business Insider.

1. Shopify
A empresa  de comércio eletrónico canadiana cresceu 105% este ano. Como declarado num relatório ao qual o Business Insider teve acesso, o principal analista da RBC Capital, Mark Mahaney, o Shopify ainda tem mais espaço para crescer nos mercados. Recentemente elevou o seu preço-alvo de 825 dólares (735 euros) por ação para mil dólares (891 euros).

“Embora a sua lista tenha duplicado, acreditamos que o mercado ainda subestima três coisas relativamente ao Shopify: o seu TAM (Total Addressable Market, ou seja, o mercado total que pode atingir), o seu potencial Take Rate e o seu potencial de margem operacional … E, portanto, o seu crescimento no lucro por ação “, explica o analista.

Mahaney acredita que a sua receita é a que mais cresce no setor. De facto, o especialista estima que a empresa possa atingir os 25 mil milhões de dólares (22 mil milhões de euros) em faturação até 2028, tornando-a numa das maiores empresas de comércio eletrónico do mundo.

2. Dollar General
Rupesh Parikh, analista da Oppenheimer e com um histórico comprovado de sucesso, considera num relatório distribuído aos seus clientes que a Dollar General tem tudo a seu favor para desenvolver um “poderoso rali no mercado”. Até agora, recuperou mais de 22% em Wall Street.

“Continuamos a classificar a empresa como uma das principais lojas de retalho de alimentos”, observa Parikh. Embora as escolhas do consumidor permaneçam incertas, o analista acredita que a Dollar General está bem posicionada para se beneficiar, mesmo num “ambiente mais stressado”.

3. RingCentral
O negócio de comunicações na nuvem RingCentral está a disparar. As suas ações subisam 62% este ano. Michael Latimore, especialista da Northland Securities, afirma num relatório distribuído pelos seus clientes que a empresa irá continuar a testemunhar um crescimento nos próximos tempos. Aumentou seu preço-alvo de 242 para 290 dólares (258 euros).

O analista organizou recentemente uma reunião com o diretor de segurança da RingCentral, Praful Shah, que revelou que o compromisso da empresa com o teletrabalho evidendia ainda mais o valor agregado da nuvem. “Em geral, acreditamos que a RingCentral está a aumentar o seu volume de negócios, pois as empresas percebem que os sistemas locais não são adequados para o trabalho remoto”, escreve o analista.

4. Amazon
Se existe uma empresa que desenvolveu um crescimento notável no índice Nasdaq, foi a Amazon. Laura Martin, especialista de Needham, descreve num relatório que foi citado pelo Business Insider que, apesar dos seus aumentos espetaculares, ainda tem mais espaço para crescer mais. A analista define o seu preço-alvo em 3,2 mil dólares (2,9 mil euros), o que representa um potencial de 21%.

Martin também estima que a Amazon valerá entre 4,5 mil dólares (4 mil euros) a 5 mil (4,46 mil euros) por ação a longo prazo. Segundo o analista da Needham, a empresa possui vários multiplicadores de valor oculto, referindo-se ao tamanho do mercado, ao ecossistema e à oferta significativa de serviços.

5. Genmab
Ram Selvaraju, analista do HC Wainwright, um dos 50 principais analistas de Wall Street, aposta agora na biotecnológica dinamarquesa Genmab, de acordo com um relatório recente enviado a investidores institucionais. Selvaraju considera que a empresa ainda tem um potencial de 26% na bolsa.

Em primeiro lugar, o fabricante do medicamentos publicou alguns resultados muito promissores do seu teste de fase 3 do Andromeda Darzalex para combater a amiloidose. “Na nossa opinião, é provável que esse medicamento se torne num componente-chave de um possível novo padrão de resposta à amiloidose, fornecendo outro catalisador a longo prazo para o aumento da sua receita”, diz Selvaraju.

Além disso, a empresa acaba de assinar um acordo de colaboração com a AbbVie para três dos seus programas de anticorpos biespecíficos. Segundo Selvaraju, este acordo deve acelerar significativamente a progressão da Genmab nos mercados.

 

Comentários