“Se tens os heróis certos na vida, estás 90% no caminho certo”. Estas foram palavras de Warren Buffett ao referir-se a Chuck Feeney, o cofounder do Grupo Duty Free Shoppers e o fundador do The Atlantic Philanthropies, uma das maiores fundações de caridade privadas do mundo.

Ao longo da vida vamo-nos cruzando com pessoas que nos marcam e que mudam o rumo das nossas vidas através dos seus conselhos e exemplos. Estas pessoas são os “heróis” a que Buffett se refere, mais conhecidos como mentores e que, pela importância que representam, são já formalmente implementados em alguns contextos como empresas, faculdades e associações.

A necessidade da escolha de um (ou mais) mentores pode acontecer em qualquer fase da vida ou ser aplicada às várias áreas da nossa vida (familiar, amorosa, profissional, etc…), mas é particularmente importante na altura da escolha de uma vertente profissional, de um curso ou de uma oportunidade de trabalho.

Quem é que nasceu na década de 70-80 e não se sentiu perdido na altura de escolher um rumo profissional na inocência (e falta de informação) dos 18 anos? E agora? Com muito mais informação, não é igualmente difícil selecionar o que interessa?

É claro que alguns têm ajuda de um tio, primo ou irmão mais velho que mais-ou-menos vai dando umas dicas e indicando uma luz ao fundo do túnel. Mas, e se tornássemos isto mais profissional? Se houvesse mentores disponíveis para ajudar os interessados jovens a tomar decisões neste mundo em constante mudança? Como seria se tivéssemos oportunidade de falar com alguém que tem sucesso na área que achamos que queremos seguir? Ou perceber como é que os bem-sucedidos se sentiam nesta idade? Como foram feitas as suas escolhas?

Acredito por experiência que os nossos “heróis” aparecem na nossa vida naturalmente, mas temos de estar atentos para os saber identificar e audazes para os abordar e pedir ajuda. Porque todos os heróis de hoje já tiveram os seus próprios heróis um dia que os ajudaram a construir o seu caminho e a chegarem onde estão.

É com este mote que a Associação Começar Hoje tem trabalhado, no sentido de criar espaços de partilha, eventos de networking e crescimento para que os que procuram ajuda encontrem os seus “heróis”. E o mais interessante é que os que ajudam, saem de cada evento com um enorme sentimento de conforto e compensação por estarem a fazer por outros o que um dia alguém fez por eles, por estarem a dar a mão e a guiar, a ajudar a construir algo tão determinante da nossa felicidade e realização pessoal.

Juntem-se a nós como sócios, mentees ou mentores! Prometemos que ninguém sai desiludido desta experiência!

*Diretora do departamento de Desenvolvimento do Negócio da Bluepharma e Secretária do Conselho Fiscal da Associação Começar Hoje


Licenciada em Ciências Farmacêuticas, pela Universidade de Lisboa, Ana Jerónimo tem desenvolvido a sua carreira, desde 2007, nas áreas de farmacoeconomia e desenvolvimento de negócio, tanto na indústria farmacêutica como no Infarmed. Além de uma pós-graduação em Direito da Farmácia e do Medicamento, tem um mestrado em Gestão e Economia da Saúde, assim como várias outras formações. Atualmente é diretora do departamento de Desenvolvimento do Negócio da Bluepharma, estando essencialmente responsável pelas atividades de licenciamento e internacionalização da empresa.

Comentários