Entrevista/ “O mercado português pode esperar um produto pioneiro no mundo”

André Teixeira, CEO e fundador da Tax Update

Uma plataforma internacional sobre legislação tributária focada na área das energias renováveis é a expertise do Tax Update, um projeto de origem brasileira que entrou recentemente no mercado nacional e que ambiciona continuar a traçar o seu caminho de internacionalização.

O projeto brasileiro na área de legaltech está a instalar-se em Portugal, onde começou por participar no programa de aceleração Startup Lab by SRS. André Texeira, fundador e CEO da TaxUpdate, explicou ao Link to Leaders as potencialidades da plataforma, quais os seus planos para o mercado nacional, onde tem a sede das operações, e do que ambiciona para a empresa que fundou.

O que fez com que um projeto brasileiro, já com 10 anos, se candidatasse ao Startup Lab?
Embora sedimentado no mercado brasileiro, onde há muitos anos desenvolve serviços de acompanhamento e interpretação da legislação tributária – tendo analisado mais de 100 mil  normas tributárias nos últimos 10 anos –  entendemos que a internacionalização do Tax Update será enriquecida com a expertise do programa Startup Lab. O alto nível da experiência de mercado dos profissionais que ministram os workshops, bem como a inestimável reputação do escritório de advocacia SRS Legal – com o qual contamos como nossos parceiros estratégicos em Portugal – nos fornecerá maior confiança para melhor desenvolver e validar o nosso modelo de negócio.

Em que consiste exatamente o produto Tax Update? O que pode fazer no domínio da legaltech?
O produto Tax Update  consiste numa plataforma que contêm a mais completa biblioteca mundial sobre tributação da indústria do Petróleo e Gás. Através do acesso a um tutorial elaborado por especialistas em tributação internacional, o Tax Update dá acesso descomplicado ao sistema tributário dos principais países recetores de investimentos de Oil & Gas no mundo (no idioma local e em inglês). A biblioteca Tax Update disponibiliza toda a legislação tributária de cada país, atualizada diariamente com utilização de inteligência artificial.

O domínio da legaltech está intrinsecamente relacionado com o nosso produto. É através da utilização da tecnologia que, diariamente, a equipa da Tax Update interpreta a legislação tributária e dispara notificações informando as atualizações ocorridas nos países de interesse de cada cliente (via e-mail ou notificação no APP do telemóvel). Através da utilização da tecnologia, os nossos clientes encontrarão a desburocratização e o acesso simples ao sistema legal relacionado com a tributação da indústria do Oil & Gas (Downstream, Midstream  e Upstream).

O que é que a TaxUpdate espera do mercado português?
Além do crescimento dentro do programa oferecido pelo Startup Lab, em plena sinergia com a SRS Legal, a Tax Update tem no mercado português a sede das suas operações, contando com a contratação local de mão-de-obra qualificada, infraestrutura de IT, bem como utilizando a vasta rede de contatos de Portugal com os países africanos de língua portuguesa recetores de investimentos de Oil & Gas.

E o que é que o mercado e empresas nacionais podem esperar da vossa proposta?
Com o desenvolvimento da nossa ferramenta digital, o mercado português pode esperar um produto nacional pioneiro no mundo, vocacionado para a exportação e direcionado às empresas do segmento de exploração, produção e distribuição de Petróleo e Gás em todo o globo. Oferecemos um acesso rápido, atualizado, de preço acessível e  desburocratizado à legislação tributária, o que permitirá a redução de custos internos, aumentará a eficiência dos seus negócios, auxiliará no desafio dessas companhias de manterem-se em compliance fiscal nas diversas jurisdições em que desenvolvem atividades ao redor do mundo, melhorando o relacionamento com governos, sociedade, investidores e todos os demais stakeholders.

A nossa biblioteca digital e atualização diária da legislação obedecerá ao comando do nosso sistema de inteligência artificial…

Afirmam que o projeto vai usar a tecnologia e a IA para captar e interpretar as alterações legislativas das principais jurisdições. De que forma vão colocar isso em prática?
O percurso, em que analisamos mais de 100 mil normas tributárias, necessita e conta com a utilização da mais alta tecnologia. Essa tecnologia passa por um constante aperfeiçoamento com a integração da inteligência artificial na captação e interpretação da legislação tributária. Com a franca expansão do Tax Update na análise do sistema tributário dos principais países recetores de investimentos de Oil & Gas no mundo, a nossa biblioteca digital e atualização diária da legislação obedecerá ao comando do nosso sistema de inteligência artificial que se prepara para receber a mais completa biblioteca mundial sobre tributação da indústria do Petróleo e Gás.

O que levou o projeto a apostar essencialmente nos segmentos de energia e renováveis? Vão enveredar por outros mercados?
Como referi, o projeto de internacionalização do Tax Update traduz o resultado de sucesso de mais de 10 anos de prática na atualização e interpretação da legislação tributária brasileira. O nosso know-how no Brasil teve início na área de energia renováveis (mais especificamente na indústria do petróleo e gás) e, gradualmente, expandiu-se para outros setores. Sendo assim, para manter essa estrutura de eficiência e comprometimento da qualidade do produto no nível global, estamos a desenvolver a plataforma centrando-se primeiro nos setores de petróleo, energia e indústrias extrativas, mas perspetivando expansão futura para outros sectores (grande consumo, tabaco, bebidas, etc.)

Quais os pilares do vosso business plan?
Procurando manter a qualidade do produto e um alto nível de comprometimento com os nossos investidores. O plano de negócio (que esperamos rever e ser validado após a conclusão do programa de aceleração da Startup Lab) foi elaborado com a ajuda de renomados consultores especializados portugueses, que se basearam não só em pilares financeiros, mas em estratégia de produto, estratégia de mercado, canais de venda, mercados-alvo e potenciais clientes, concorrência, análise SWOT e demais estratégias de implementação.

Que expetativas tem quanto ao desenvolvimento no mercado nacional agora com o apoio do Startup Lab?
Temos a expetativa de entender melhor os nossos possíveis concorrentes e validar dúvidas existentes face ao nosso modelo de negócio. Nesses termos, com a evolução do produto, proporcionada pela participação no programa de aceleração da StartupLab, teremos uma visão mais aprimorada do mercado nacional, sendo possível atingir com maior eficiência os futuros clientes localizados em território português e no mundo.

A principal estratégia é permanecer em Lisboa para o desenvolvimento e atualização do produto, valendo-nos da invejável localização geográfica de Portugal e do alto nível deste polo tecnológico de empreendedorismo.

Além de Portugal, onde vão estar operacionais a curto prazo, também estão a equacionar entrar noutros países da EU, em África e Ásia. Quais as metas para estes territórios?
A plataforma digital será desenvolvida e alimentada a partir de Portugal. Toda a nossa tecnologia e inteligência artificial já desenvolvida no Brasil será trazida para Lisboa. A equipa em Portugal será responsável por compilar e interpretar a legislação tributária vigente. Temos a total capacidade de, em Lisboa, ter acesso e imputar ao nosso sistema os regimes tributários legais dos países recetores de investimentos de Oil & Gas no mundo. É importante ressaltar que, num segundo momento, o nosso canal de vendas, e por ter muito dos clientes na América do Norte e Reino Unido, poderá ultrapassar as fronteiras portuguesas. Porém, a principal estratégia é permanecer em Lisboa para o desenvolvimento e atualização do produto, valendo-nos da invejável localização geográfica de Portugal e do alto nível deste polo tecnológico de empreendedorismo.

Respostas rápidas:
O maior risco: Regimes africanos que dificultam o acesso da legislação tributária em tempo real.
O maior erro:  Demora na percepção da necessidade da utilização da inteligência artificial na operação do Brasil.
A melhor ideia: Estabelecer a sede da Tax Update em Portugal.
A maior lição: O maior uso da tecnologia aprimora e qualifica a formação da nossa biblioteca e interpretação da legislação tributária.
A maior conquista: Participar do Startup Lab.

Comentários

Artigos Relacionados