Os business angels no Reino Unido continuam a investir em negócios em estágio inicial e estão otimistas sobre o futuro, apesar da atual incerteza económica, concluiu o relatório Business Angels Market 2020, publicado pelo British Business Bank.

Mais da metade dos business angels do Reino Unido continuaram a investir após o surgimento do Covid-19, de acordo com o relatório Business Angels Market 2020, publicado pelo British Business Bank (BBB) e citado pelo Business Leader.

Apesar de quase metade dos business angels relatar um impacto negativo na sua atividade de investimento, em geral os investidores continuam a apoiar as empresas do Reino Unido e têm uma perspetiva positiva para os investimentos futuros.

De acordo com o BBB, o relatório fornece uma “lente única” sobre as tendências do investimento privado no Reino Unido e reitera o papel essencial que os business angels desempenham na economia do país, fornecendo capital, experiência e consultoria.

Em relação às mudanças no mercado, o relatório conclui que o crescimento contínuo verificado no investimento na fase semente entre 2011 e 2018 terminou com o valor anual de menos de 1% em 2019. Além disso, os valores dos investimentos iniciais e subsequentes são inferiores aos do ano passado, situando-se numa média de 69 mil libras, o equivalente a 76 mil euros (queda de 31% de 100 mil libras – 110 mil euros) e 46 mil libras, ou seja, cerca de 51 mil euros (queda de 34% de 70 mil libras – 72 mil euros), respetivamente.

De forma encorajadora, o BBB detalha que os business angels responderam positivamente à pandemia. 57% fizeram investimentos entre abril e julho de 2020, 46% têm previsão de novos investimentos no próximo ano e 72% estão confiantes no aumento do seu portefólio no futuro.

Ainda de acordo com o relatório, desde o surgimento do Covid-19, mais da metade (54%) dos business angels aumentou o seu envolvimento com os negócios das suas participadas, visando ajudá-las a atingir os seus marcos de crescimento. 77% dos business angels relataram maior envolvimento com os negócios do seu portefólio e fizeram-no através de consultoria estratégica.

O relatório destaca ainda a disparidade no acesso ao investimento em todo o Reino Unido: 57% dos investidores estão sediados em Londres, com apenas 6% na Escócia e 1% no País de Gales. 13% dos business angels são mulheres.

Comentários