A portuguesa Follow Inspiration está na final do Prémio Horizonte de Inovação Social, uma iniciativa que premeia projetos vocacionados para melhorar a mobilidade dos idosos.

O projeto wiiGO Retail da Follow Inspiration é um dos 10 finalistas do Prémio Horizonte de Inovação Social, uma iniciativa financiada pelo programa de investigação e inovação da União Europeia, Horizon 2020, e que visa premiar o melhor projeto para melhorar a mobilidade dos idosos.

Os 10 projetos finalistas foram selecionados por um painel de especialistas independentes das áreas de inovação social, ambientes amigáveis aos idosos, finanças sociais, tecnologias, mobilidade e transporte.

“Ser um dos finalistas de um prémio da união europeia de investigação e inovação dá-nos ainda mais confiança de que temos de facto uma solução única. Num prémio que recebe centenas de candidaturas, é para nós um grande orgulho e motivação sermos a única empresa portuguesa a constar desta shortlist”, frisou Luís de Matos, fundador e CEO da empresa.

Os vencedores do Prémio Horizonte de Inovação Social serão anunciados no segundo semestre de 2019.

Nos últimos anos, a empresa portuguesa têm-se dedicado ao desenvolvimento de tecnologia para seguimento e navegação autónoma na área da robótica móvel e em 2011 criou um carrinho de compras autónomo, designado o WiiGO retail. Trata-se de um projeto que nasceu da necessidade pessoal de Luís de Matos, paraplégico desde os 14 anos.
Pelo facto de não encontrar no mercado uma solução que lhe permitisse transportar as suas compras de supermercado de forma simples, resolveu desenvolver o wiiGO, um carrinho robótico com capacidade para autonomamente seguir o seu utilizador.

Desde o lançamento até agora, a tecnologia passou por várias fases de desenvolvimento, desde provas de conceito, desenvolvimento de protótipos funcionais e até mesmo adaptações a novas indústrias. Atualmente, a tecnologia wiiGOpode ser encontrada em várias soluções robotizadas, desde o carrinho de compras, testado pelos maiores players de retalho nacionais e internacionais, até à primeira máquina de café autónoma do mundo, desenvolvida para a Delta.

Comentários