A sustentabilidade chegou à arquitetura que está cada vez “mais verde” e amiga do ambiente. Pelo mundo fora sucedem-se exemplos de edifícios sustentáveis que contrariam o estigma das cidades de betão. Veja alguns edifícios verdes imponentes.

A preocupação com a sustentabilidade estende-se a vários setores de atividade entre os quais a arquitetura e a construção de espaços urbanos, amigos do ambiente, como jardins verticais ou hortas. É um fenómeno mundial cada vez mais valioso para a preservação do meio ambiente e para combater as “selvas de betão”.

A construção de edifícios sustentáveis, que procuram minimizar o impacto ambiental das suas estruturas gigantescas, quer através da utilização de materiais ecológicos quer da eficiência energética, tem mudado a paisagem urbana de várias cidades do mundo de forma impressionante. Veja alguns exemplos identificados pela Euronews e, se este for o seu setor de atividade, inspire-se:

X-architecture

Esta empresa britânica com escritórios em Londres e Tbilisi, foi responsável pela construção de uma inovadora adega em Kakheti, na Geórgia. O projeto chama-se Shilda e está embutido na paisagem de vinhas, tornando-se quase impercetível à distância.

PAZ Arquitectura

Com sede na Guatemala, esta empresa concebeu o projeto Corallo House, em Santa Rosalía. São cerca de 747 metros quadrados, em que as bases de cimento da casa foram construídas em torno de árvores.
Desta forma, as árvores que já existiam no local interagem com a construção.

Engraff

Fundador da Engraff, em Bucareste, na Roménia, Stefan Mantu projetou o ‘Off The Grid Office’ para ilustrar a necessidade das pessoas se conectarem com a natureza. A sua obra arquitetónica é um projeto conceitual em que os espaços sustentam e respeitam o equilíbrio entre as pessoas e o local de construção.

WOHA 

Este escritório de arquitetura de Singapura foi fundado por Wong Mun Summ e Richard Hassell em 1994. Ao longo dos anos, a dupla construiu edifícios verdes de renome mundial, como o Park Royal Hotel Pickering, em Singapura, de 15 mil metros quadrados, com jardins espalhados pelos quatro andares do edifício. Sem esquecer os espelhos d’água, as quedas de água, os terraços e a vegetação vertical.

Chris Precht (Arquiteto)

Este arquiteto projetou a Toronto Tree Tower, um edifício residencial feito de madeira, que incorpora paredes envolvidas com plantas e árvores nas amplas varandas.

Chris Precht é também o autor do projeto Yin & Yan na Alemanha, perto a cidade de Kassel, uma casa completamente autossuficiente com jardins no seu telhado entrelaçado.

Comentários