Crowdfunding do mês: Um dispositivo que avisa quando tem de regar as plantas e outro que controla os gatos

Um controla a entrada e saída dos gatos de casa, o outro alerta os mais distraídos quando devem regar as plantas. São dois dispositivos direcionados para aspetos da vida diária, inovadores e que recorreram ao crowdfunding para se financiarem e darem o salto.

Este mês escolhemos dois projetos com campanhas de crowdfunding em curso nas plataformas Kickstarter e Indiegogo e que se destacam pela capacidade de facilitarem o dia a dia dos utilizadores. Um deles é um dispositivo munido de um sensor que avisa o utilizador quando está na hora de regar ou adubar as plantas que tem em casa. O gadget é uma proposta da Flora Pod, um projeto norte-americano que promete “salvar a suas plantas”.

Através de uma aplicação (em iOS e Android), dispositivo, que se coloca no vaso como se de uma flor se tratasse, envia notificações, por exemplo, sobre a temperatura, humidade e qualidade da terra, relativas às diferentes espécies de plantas que tem em casa.

A bateria tem a duração aproximada de três meses e os sensores são resistentes à água e às sujidades. O Flora Pad tem a particularidade de ser adaptável à especificidade das plantas e ao ambiente em que estão inseridas, como por exemplo, o tipo de solo, de vaso e as condições de crescimento. O Flora é neutro em carbono e, na sequência de uma parceria com a One Tree Planted, por cada sensor vendido a start-up compromete-se a plantar uma árvore. Refira-se que um único sensor pode ser usado em várias plantas. Tem apenas que os emparelhar com a aplicação.

Os utilizadores do Flora Pad fazem parte de uma comunidade de 110 mil possuidores de plantas em mais de 190 países, com  os quais podem partilhar experiências. O objetivo da Flora Pad com esta campanha de crowdfunding é angariar 10 mil dólares para avançar com a produção e a comercialização.

O outro projeto é inglês, está na plataforma Kickstarter e tem como target os gatos domésticos. Chama-se Only Cat e é uma portinhola, com as dimensões de 15 por 12 centímetros, que pode ser colocada na porta de casa e que permite que o gato possa entrar e sair sozinho para a rua.

O dispositivo, que ainda está em fase de protótipo, tem a particularidade de ter instalados uma câmara e um minicomputador que deteta se o gato, enquanto caçador por natureza, traz para casa alguma coisa na boca (por exemplo, um pássaro ou um rato). Caso isso aconteça, a porta de passagem não abre.
O dispositivo também pode ser programado para que o animal só possa sair para a rua em determinados horários. A campanha de crowdfunding já ultrapassou os 69 mil euros.

Flora Pad

Only Cat

 

 

 

 

 

 

Comentários

Artigos Relacionados