Bright Pixel e Universidade de Aveiro incentivam empreendedorismo

A parceria entre a Bright Pixel e a universidade de Aveiro resultou em 14 protótipos tecnológicos e envolveu 30 alunos de mestrado.

Depois de no início do ano letivo a  Bright Pixel e a Universidade de Aveiro  terem feito uma parceria para incentivar o empreendedorismo nos alunos daquela universidade, as duas instituições revelaram agora que a iniciativa resultou na criação de 14 protótipos tecnológicos, mentorados pela Bright Pixel e pela Sonae MC, dois dos quais realizados em colaboração com o grupo Sonae.

Este projeto-piloto, que envolveu um total 30 participantes, dirigiu-se aos alunos do mestrado em Comunicação e Multimédia (MCMM) da Universidade de Aveiro e, além dos prémios principais, disponibiliza uma bolsa a cada grupo de alunos para aplicarem em tecnologia e materiais necessários, com o objetivo de impulsionar a criação de soluções inovadoras.

Os prémios principais consistiram no financiamento na totalidade das propinas do segundo ano de mestrado da equipa vencedora, enquanto os estudantes que ficaram em 2.º lugar receberam um apoio de 50% nas propinas.

A Grønn, um projeto para criar paredes interativas que ajudam o cliente a selecionar os eletrodomésticos com maior eficiência energética,  conquistou o 1.º lugar, e a Work UP, uma solução composta por hardware e mini-jogos a serem utilizados durante o horário laboral, para reduzir as lesões e aumentar a produtividade, ganhou o 2.º prémio.

“Ao observarmos a recetividade e criatividade destes alunos, percebemos o quão importante é que as universidades intervenham neste processo. Há muito potencial nos jovens portugueses e é preciso incentivá-lo, porque há espaço para inovar dentro e fora de Portugal”, explicou Celso Martinho, cofundador e CEO da Bright Pixel.

Carlos Santos, diretor do MCMM, também avaliou a iniciativa de forma muito positiva. “O modelo de Project Based Learning adotado no MCMM foi de uma grande utilidade na dinamização das atividades. A experiência na área da indústria e a visão de negócio dos parceiros da Bright Pixel e da Sonae MC permitiram complementar a formação académica da responsabilidade do corpo docente do mestrado, com uma visão e mentoria externa, orientadoras para a criação de start-ups”, afirmou.

Comentários

Artigos Relacionados