Quer aprender a programar? Conheça oito sites de utilização gratuita que o podem ajudar a concretizar este objetivo.

É cada vez mais importante saber programar. Se há dez anos só as pessoas que faziam cursos de informática tinham esta capacidade, hoje a realidade é diferente. A competência é especialmente importante se fizer parte de uma pequena equipa de trabalho com um orçamento apertado – mesmo as pequenas alterações no website institucional, por exemplo, podem estar fora das suas possibilidades.

Ao aprender a programar, não só vai conseguir resolver pequenos problemas no website, como também vai poder negociar melhor com a empresa visto que tem conhecimento do que pode ser necessário para fazer trabalhos nesse domínio.

Acha que já não está na idade ideal? Inspire-se na história de uma senhora de 80 anos que aprendeu a programar.

A lista que se segue inclui plataformas que o podem ajudar nesta nova aprendizagem. Apesar de todas terem cursos grátis, há algumas que têm conteúdo premium que só pode ser acedido com o pagamento de uma subscrição.

CodeAcademy. Este é um dos sites mais populares para aprender código – tanto que 45 milhões de pessoas já utilizaram a plataforma (segundo números da Codeacademy). Aqui poderá aprender linguagens que vão desde HTML e CSS até JavaScript, SQL e C++.

Coursera. Esta é outra plataforma bastante conhecida. Aqui poderá encontrar mais de mil cursos de 119 instituições. Apesar de ser necessário pagar para ter um certificado, parte do conteúdo que introduz as várias linguagens está disponível gratuitamente.

edX. Fundada pelo MIT e pela Universidade de Harvard, a edX é uma plataforma com cursos sobre tecnologia – entre eles alguns que apoiam empreendedores. A ideia deste website sem fins lucrativos é dotar todas as pessoas de conhecimentos sobre a área tecnológica e as respetivas teorias. Atualmente, a edX agrega cursos de 53 universidades.

Udemy. Gosta de ver tutoriais em formato vídeo? Se sim, a Udemy pode ser uma boa opção para melhorar e aprender novas competências de trabalho. Apesar de alguns dos cursos serem pagos, há uma variedade de cursos de programação gratuitos – caso seja um empreendedor, experimente o Programming for Entrepreneurs.

AGupieWare. Ao contrário dos anteriores, a AGupieWare criou um currículo com o objetivo de introduzir os aspirantes a programadores no mundo do código. O programa está dividido em 15 cursos gratuitos disponibilizados pelas universidades de Stanford, MIT, Carnegie Mellon, Berkeley e Columbia.

FreeCodeCamp. E se aprendesse uma nova competência enquanto resolve problemas do mundo real? É isto que o FreeCodeCamp propõe. A plataforma disponibiliza a aprendizagem de linguagens como HTML5, CSS3, JavaScript, Databases, React.js e Node.js.

Web Fundamentals. Este projeto da Google para web developers ensina a programar em HTML5. Como este website oferece uma linguagem mais avançada, só é aconselhada a sua utilização a pessoas que já tenham conhecimento e experiência na área.

Khan Academy. Fundada há mais de uma década, a Khan Academy é uma das instituições de ensino online mais conhecidas. Tal como a Udemy, o modelo de ensino é baseado em vídeos. Caso não se sinta especialmente confortável com o inglês, a Khan Academy pode ser o local ideal para aprender código, uma vez que o conteúdo está disponível em português.

Comentários

Sobre o autor

Avatar