A American Express prepara-se para integrar a fintech norte-americana Kabbage, uma start-up vocacionada para as pequenas e médias empresas.

A gigante dos cartões de crédito está a negociar a compra da fintech Kabbage com sede em Atlanta, Estados Unidos. O negócio destaca o plano da American Expresss entrar ainda mais no mercado das pequenas empresas. A empresa lançou o Small Business Saturday, na sequência da crise financeira de 2008, e recentemente concedeu 200 milhões de dólares para apoiar as pequenas empresas afetadas durante a pandemia do coronavírus.

Fundada em 2009, a Kabbage ajuda pequenas empresas em questões relacionadas com bancos, pagamentos com cartões online, cálculos de fluxo de caixa em tempo real e linhas de crédito até 250 milhões de dólares. A Fast Company revelou, inclusive, que em 2017, a SoftBank, supostamente, investiu 250 milhões de dólares nesta start-up em franco crescimento.

Rob Frohwein, CEO e cofundador da Kabbage, explicou em comunicado à Fast Company, que construiram “uma plataforma de tecnologia e dados que fornece [às pequenas empresas] o tipo de recursos e perceções geralmente reservados para empresas maiores”.

“Ao ingressar na American Express, podemos ajudar mais pequenas empresas a ter sucesso com um pacote totalmente digital de produtos financeiros para ajudá-las a administrar e expandir as suas empresas”, explicou o fundador da Kabbage.

Comentários