O autor de uma das Ted Talk mais vistas de sempre, sobre o papel da escola na criatividade, mostra neste novo livro como tudo se transforma quando descobrimos a nossa paixão. Uma edição da Lua de Papel/Leya.

Do que fala
Há coisas a que somos bons e outras que adoramos fazer. Quando ambas se encontram, dá-se o fenómeno a que Ken Robinson chama de “O Elemento”. Por outras palavras, estamos no nosso “elemento” quando conseguimos pôr o nosso talento ao serviço das nossas paixões. No entanto, raras vezes isso acontece.

Assim, ao longo de 256 páginas, o autor procura entender o que podemos fazer para nutrir o dom de cada um. Para o efeito, conversa com algumas  personalidades internacionais como o músico Paul Mcartney (rejeitado pelo coro de Liverpool), o físico Richard Feynman, passando ainda pelo criador d’Os Simpsons.

Ken Robinson constata que quando procuramos encontrar o nosso caminho, a idade ou a ocupação são muito menos importantes do que o empenho ou a crença nas nossas capacidades. E para que acreditemos em nós, é preciso criar as condições certas, ou seja, repensar todo o sistema educativo. O Elemento mostra como tudo se transforma quando descobrimos a nossa (verdadeira) paixão. A obra apresenta casos reais, perspetivas de rutura e conselhos para quem procura um rumo.

Quem escreveu
Prestigiado professor universitário, o britânico Ken Robinson liderou um projeto pioneiro que fomentava o ensino da criatividade em escolas do Reino Unido e foi uma figura de culto entre professores e educadores. Inclusive ocupou o cargo de conselheiro de diferentes governos, corporações, sistemas de ensino e de algumas das mais importantes organizações culturais do mundo. O seu trabalho fez com que fosse nomeado cavaleiro pela rainha Isabel II em 2003. A sua TED Talk Do Schools Kill Creativity?, sobre o papel da escola na criatividade, é a mais popular de sempre, com mais de 70 milhões de visualizações.

Recebeu ainda a Peabody Medal pelo seu contributo no âmbito da arte e da cultura nos Estados Unidos e a Benjamin Franklin Medal of the Royal Society of Arts pelo contributo para as relações culturais entre o Reino Unido e os Estados Unidos. Em 2005 foi distinguido pela Time, pela Fortune e pela CNN como uma das Principal Voices.

Por sua vez, Lou Aronica, coautor da obra, escreveu livros de ficção e não ficção que figuraram na lista de best-sellers do New York Times e do USA Today. Entre as suas obras de não ficção constam também o The Culture Code  em coautoria com Clotaire Rapaille.

Tema Chave:
Criatividade, Educação, Sociedade

Ficha Técnica:
Título: O Elemento
ISBN: 9789892350240
Edição: abril 2021
Editora: Lua de Papel
Idioma: Português
Encadernação: Capa mole
Páginas: 256

Comentários