5 livros sobre investimentos para ler nestas férias de verão

Com o objetivo de partilhar ideias de investimento que vão além das fontes habituais e suscitar o debate sobre o funcionamento das sociedades, das economias e das pessoas, Pablo Riveroll, Head of Latin American Equities da Schroders, sugere cinco livros para ler neste verão.

Volt Rush: The Winners and Losers in the Race to Go Green – Henry Sanderson

O escritor britânico Henry Sanderson cresceu em Hong Kong e foi repórter da Bloomberg na China e do Financial Times em Londres. Neste livro, examina os principais metais necessários para a transição energética, especialmente em relação aos veículos elétricos (VEs) e às baterias necessárias para movê-los.

“Embora a transição para fontes de energia mais limpas seja essencial para combater as mudanças climáticas, é importante lembrar que a produção de VEs e telefones, bem como o armazenamento e transmissão de eletricidade, requerem energia e materiais da terra. Isto tem implicações geopolíticas semelhantes à transição anterior do petróleo, em que o Ocidente garantiu reservas no Médio Oriente. No entanto, desta vez a China está a assumir a liderança”, explica Pablo Riveroll, Head of Latin American Equities da Schroders.

O autor fala detalhadamente sobre lítio, cobalto, níquel e cobre, recorrendo a frases de empresas bem conhecidas e destaca a dificuldade de conciliar a necessidade de reduzir a emissão de carbono com as consequências para as comunidades locais e para a biodiversidade que a extração desses materiais acarreta.

Capital Account: A Fund Manager Reports on a Turbulent Decade, 1993-2002 – Edward Chancellor

Capital Account conta a história da bolha das “dot com”, uma das maiores bolhas de investimento do mundo, mas da perspectiva de investidores profissionais. O livro, que inclui relatórios selecionados pela empresa de investimentos Marathon Asset Management, explica como o valor para o acionista foi corrompido nesta era de finanças frenéticas.

Este livro apresenta uma abordagem que reúne ideias das áreas das finanças comportamentais, teoria económica e análise de negócios. A análise do ciclo de capital – baseada na percepção aparentemente simples de que altos retornos levam a investimentos excessivos no mundo real e subsequentes retornos são menos positivos para os acionistas – permitiu que os investidores identificassem o inevitável colapso da bolha da tecnologia e das  telecomunicações. “Os paralelos com o boom e o colapso das ações de crescimento dos últimos anos são notáveis e este livro ajuda a navegar nesses anos com sucesso”, afirma Riveroll.

Digital Transformation: Survive and Thrive in an Era of Mass Extinction – Thomas M Siebel

Nesta obra, o empresário de Silicon Valley Thomas Siebel analisa como as novas tecnologias estão a revolucionar os negócios e os governos, e como as organizações podem aproveitar essas tecnologias para ajudar a transformar os seus negócios em empresas digitais.

Siebel argumenta que a confluência de quatro tecnologias, nomeadamente computação em nuvem, big data, inteligência artificial (IA) e a Internet das Coisas está a levar a uma mudança fundamental na forma como as empresas e os governos operam.

O autor demonstra ainda como essas tecnologias revolucionárias estão a impulsionar a transformação digital e o que as empresas devem fazer para beneficiar das suas vantagens. Pablo Riveroll refere que, embora tenha sido escrito em 2019, este livro continua a ser tão relevante nos dias de hoje. Com insights valiosos e histórias envolventes, irá certamente enriquecer a sua visão como investidor.

The Innovation Stack: Building an Unbeatable Business One Crazy Idea at a Time –Jim McKelvey

Frustrado com os altos custos e a dificuldade de aceitar pagamentos com cartão de crédito, McKelvey juntou-se ao seu amigo Jack Dorsey (o cofundador do Twitter) para lançar a Square, uma start-up que permitia que pequenos empresários aceitassem pagamentos com cartão de crédito através dos seus telemóveis. Sem nenhum conhecimento ou experiência no mundo dos pagamentos, eles abordaram o problema com uma nova perspetiva, questionando as suposições do setor, experimentando e inovando no meio dos desafios e alcançando a confiança de empresas de pequena e grande dimensão.

Mas assim que a Square mostrou sinais de crescimento, a Amazon lançou um produto semelhante, comercializou-o de forma agressiva e reduziu o preço da Square. Enquanto para muitas start-ups isto teria sido um desastre, a Square reagiu. Este livro analisa o que a Square fez de diferente de todas as outras empresas que a Amazon matou e como venceu a batalha com uma estratégia que chama de “Innovation Stack”.

No entanto, este livro é muito mais do que apenas a história da Square. É um olhar para dentro do mundo do empreendedorismo e um apelo à ação para que todos encontremos o empreendedor que há em nós e identifiquemos problemas não resolvidos.

The China Questions – Andrew S. Erikson e Jennifer Rudolph

Neste livro, 36 dos maiores especialistas mundiais na China respondem a perguntas-chave sobre para onde esta superpotência está a caminhar e o que motiva o seu povo e, mais importante, os seus líderes. Em apenas algumas décadas, o país mais populoso do mundo passou de um relativo isolamento para o centro das atenções.

Os especialistas citados no livro – todos afiliados do Centro Fairbank de Estudos Chineses da Universidade de Harvard – tentam explicar a identidade, cultura, sociedade, história e política da China através de vários ensaios.

Alguns dos ensaios abordam questões importantes para a China, girando em torno da legitimidade do Partido Comunista para governar, o fim da política do filho único e as tensões étnicas. Outros centram-se no relacionamento da China com outras nações, particularmente os EUA.

 

Comentários

Artigos Relacionados