Baseado nos comentários e classificações do TripAdvisor, o site The Travel listou 10 dos melhores restaurantes que pode encontrar na Europa. Se vai viajar aproveite a variedade gastronómica destas sugestões.

Da Rússia à Itália, da França à Suécia eis alguns dos países onde estão localizados alguns restaurantes europeus a não perder, segundo o The Travel. Assim,  entre uma viagem e outra, seja de lazer ou de negócios, e se for apreciador de boa comida pode sempre juntar estas duas vertentes. Eis 10 exemplos, sem nenhuma hierarquia, que pode colocar na sua lista se viajar para alguns destes países.

Rússia, White Rabbit
Em Moscovo, localizado no coração da cidade, encontra o famoso White Rabbit, frequentemente listado entre os melhores restaurantes do mundo. A cúpula de vidro permite uma visão 360.º da área comercial da cidade. A comida é de estilo caseiro e tudo tem um toque moscovita, até mesmo as massas. Um dos pratos recomendados é o Tagliolini caseiro com caviar e bottarga.

Itália, Osteria Francescana
Este restaurante de 3 estrelas Michelin fica situado em Modena e apresenta os pratos elaborados pelo Chef Massimo Bottura. O serviço é muito detalhado e se as opções deixarem o cliente com dúvidas sobre o que escolher, rapidamente a equipa apresenta as melhores recomendações para cada paladar.

Inglaterra, Dinner by Heston Blumenthal
O chef britânico, Heston Blumenthal, uma celebridade no ramo, ciar experiências únicas que estimulam o paladar e saciam o apetite. Um jantar é mais do que uma refeição, é uma experiência por si só.  A atmosfera é despretensiosa, o que torna a gastronomia ainda mais surpreendente e destaca-se ainda mais. Aqui, o objetivo é comer sem presas e saborear cada pedaço em todo o seu esplendor.

França, Mirazur
O berço da alta gastronomia, ou seja, França, não podia faltar nesta listagem da The Travel. O destaque vai para o Mirazur, localizado em Menton, próximo da fronteira com a Itália. A mistura de estilos gastronómicos que apresenta aumenta a curiosidade dos visitantes. É um restaurante com 2 estrelas Michelin, mas despretensioso e confortável e onde os clientes conseguem sentir-se em casa.

Espanha, El Celler De Can Roca
Com 3 estrelas Michelin, as expetativas para este restaurante em Girona são muito altas. A carta de vinhos é extensa e ajuda a acompanhar uma excelente refeição completa, que poderá demorar até duas horas e meia. O preço, assegura a The Travel, é razoável considerando o tipo de restaurante.

Áustria, Steirereck
Situado em Viena, o Steirereck tem uma estrela Michelin e oferece uma verdadeira experiência gastronómica. Usa ingredientes frescos e de origem local, criando um produto final de alta qualidade e, inclusive, pratos veganos quando solicitados. Não falta uma boa seleção de vinhos para acompanhar cada tipo de comida.

Suécia, FÄVIKEN
A Suécia acolhe um restaurante único, de apenas 16 lugares. Quem serve os clientes é o próprio chef, o que faz desta uma experiência diferente.

Alemanha, Gourmet Restaurant Vendôme
Localizado em Bergisch Gladbach, na Alemanha, este restaurante está ligado a um hotel, o que por vezes originar alguns preconceitos sobre a experiência e a gastronomia. A refeição é composta por quatro pratos e a lista de vinhos é original e combinada com cada prato para uma experiência gastronómica ainda melhor.

Dinamarca, Geranium
A viagem gastronómica leva-nos até Copenhaga, concretamente ao Geranium, um restaurante com 3 estrelas Michelin, que mantém um bom equilíbrio entre o formal e informal. Imperam os pratos com uma apresentação simples, mas em que domina a complexidade dos cozinhados e dos sabores.

Noruega, Maaemo
Continuando nos países nórdicos, o destaque agora vai para o restaurante Maaemo, em Oslo. Aqui pode provar o melhor que a culinária norueguesa pode servir. A comida é impecável, mas é um restaurante um pouco dispendioso.

Comentários