A cadeia de hotéis Marriott lançou a segunda edição do TestBED, um programa de aceleração europeu, através do qual procura start-ups que possam vir a transformar o futuro das viagens e da hospitalidade.

Esta edição da TestBED está aberta a start-ups que ainda se encontrem numa fase embrionária e que tenham produtos ou serviços que estejam prontos para serem lançados para o mercado. O concurso está aberto a oito start-ups e, este ano, há três áreas em foco: a experiência dos hospedes no quarto, a transformação da experiência geral dos hospedes tanto dentro como fora do hotel e ajudar os clientes a manterem-se inspirados e relaxados.

Os oito projetos vão ser apresentados entre 22 e 23 de agosto a um júri de especialistas da indústria, que incluem o jornalista do “The Gadget Show”, Georgie Barrat, e executivos da cadeia de hotéis Marriott.

Charles Cadbury, CEO da Dazzle, uma start-up que criou um assistente pessoal controlado por voz para os quartos de hotel e que ganhou a edição de 2016 deste evento, comentou: “Não estaríamos onde estamos hoje sem a TestBED. A velocidade com que ganhámos um ‘insight’ do mercado e ‘feedback’ de utilizadores seria um processo muito complicado e que levaria muito tempo a ser atingido, se não fosse a ajuda da cadeia Marriott. Além disso, podermos mostrar o interesse que a Marriott mostrou na Dazzle dá-nos credibilidade e já nos abriu muitas, muitas portas.

As candidaturas podem ser submetidas até dia 7 de julho.

Comentários