Startup Portugal e IDC lançam questionário para avaliar estado do empreendedorismo em Portugal

O estudo destina-se a fundadores de start-ups e scaleups e pretende “tirar a fotografia” do estado do empreendedorismo no nosso país. A iniciativa é da Startup Portugal e da IDC.

A Startup Portugal e a IDC lançaram um questionário destinado aos fundadores de start-ups e scaleups com atividade em Portugal. O objetivo é analisar o estado do ecossistema do empreendedorismo no país. Os interessados em participar neste estudo têm até ao dia 30 de junho para contribuir com as suas respostas.

Segundo a IDC, os resultados do inquérito serão serão depois divulgados durante o Web Summit 2022. “Este ano, para além das questões habituais de caracterização das start-ups como o tamanho, indústria, investimento a que teve acesso ou crescimento das operações, a Startup Portugal quer também aferir o nível de diversidade dos fundadores da equipa”, refere a IDC em comunicado.

Outro foco do inquérito é aferir novas medidas públicas para fomentar o crescimento do ecossistema em Portugal.

Para compor este relatório, a IDC vai ainda utilizar a base de pesquisa da consultora, dados públicos, resultados do inquérito a fundadores de start-ups, assim como mais de 30 entrevistas em profundidade com os principais stakeholders do ecossistema empreendedor.

A primeira edição do estudo, que pode ser consultado no seu website oficial, foi publicada no final de 2021, detalhando a visão de como Portugal se compara com outras nações, sob o nome Portugal, “The best place to StartUp”.

O estudo incluiu o número de start-ups e informações sobre políticas, regulamentação, incentivos, capital, talento, corporações e os principais facilitadores do ecossistema, este relatório analisa as principais tendências emergentes, desafios, oportunidades e o futuro do ecossistema português, explica o grupo de trabalho.

Comentários

Artigos Relacionados