E se pudesse interagir o dia todo com o seu cão, que está sozinho em casa, mesmo quando está longe dele? É precisamente isto que o Pawis faz. A start-up italiana que criou esta solução esteve na WebSummit e falou com o Link To Leaders.

Criado pela Bautifil, a empresa que Maurizio Piredda fundou há quatro anos em Itália, o Pawis inclui uma câmara, um microfone, um dispensador de comida e três botões luminosos. Assim, através do telemóvel, o dono consegue estar em contacto permanente com o seu animal de estimação.

“A minha equipa e eu trabalhamos na indústria de pet care há 4 anos, graças à nossa paixão por animais e inovação. Com a ajuda da Universidade de Cagliari, estudámos a ansiedade resultante da separação entre os animais de estimação e os humanos. Após um programa de aceleração nos EUA  (o Expert Dojo, em Los Angeles), finalmente decidimos lançar o Pawis, um dispositivo para ajudar os donos a conectarem-se com os seus animais de estimação quando estão longe deles”, explicou o empreendedor.

Mesmo que o dono não possa estar constantemente a observar o animal, o Pawis é uma ajuda. É possível programar o software a partir do telemóvel: partindo da interação do animal com os botões luminosos, esta casota permite gerar atividades de treino canino, que trabalham o desenvolvimento cognitivo do animal (estimular os sentidos, mecanismos de reconhecimento ou melhorar os temos de reação), oferecendo recompensas (snacks) sempre que o cão acerta.

O dono também consegue fazer com que este sistema de luzes apenas ofereça os biscoitos nas horas estabelecidas. Segundo Maurizio Piredda, “a característica mais exclusiva do Pawiz é o sistema de entretenimento automático que é suportado pela Inteligência Artificial”.

Desde o seu lançamento em 2019, já foram vendidas 60 unidades do Pawis que são produzidas em Itália. O aparelho está à venda por 99,99 dólares (cerca de 91€). As entregas são feitas para todos os países da União Europeia, mas no futuro o objetivo é chegar também ao mercado norte-americano.

“O mercado mais importante para a economia de animais de estimação é o mercado dos EUA, onde a indústria de animais de estimação tem registado um crescimento explosivo. Quase 85 milhões de famílias têm animais de estimação e, nos últimos 30 anos, a posse de animais passou de 56% para 68% de todas as famílias”, explicou o jovem empreendedor.

“Neste sentido, estamos a negociar com redes de lojas de animais e de eletrónicos de consumo. Além disso, estamos a avaliar parcerias com hotéis para cães, dog-sitters e empresas de seguros para animais de estimação”, acrescentou Piredda.

A Bautiful participou durante três meses no Global Startup Program, um dos eventos internacionais mais importantes organizados pelo governo italiano e pela ITA (Italian Trade Agency). Também integrou o Expert Dojo, o acelerador que mais cresce no sul da Califórnia, e marcou presença no Techcrunch Disrupt, em San Francisco. Atualmente, está a preparar a sua primeira campanha internacional de crowdfunding sobre o Pawis, que será lançada no Indiegogo, para fazer atualizações no software.

Resumo:
Responsável: Maurizio Piredda
Área: Pet Care
Produto: Pawis
Mercado: Internacional
Necessidade: Parceiros de negócio
Contacto: maurizio@pawiz.pet

Comentários