Este mês lançámos o desafio ao Parque de Ciência e Tecnologia Brigantia-EcoPark de eleger a start-up do mês. A escolhida foi a ReadyToPub que presta serviços de consultadoria científica de publicações, como artigos ou teses de mestrado e doutoramento, desde 2019.

Nome da Start-up: ReadyToPub

Fundador: Ricardo Malheiro

Atividade: A ReadyToPub surgiu de uma necessidade que o seu fundador Ricardo Malheiro sentiu depois da sua experiência na área de investigação científica em instituições de ensino superior e centros de investigação nacionais e internacionais e também depois de ter participado numa Academia de Verão de Empreendedorismo do projeto europeu TRADEIT e de ter ganho o prémio “Researcher – Business Co-operation Innovation Award 2014”.

Durante a sua tese de doutoramento, o empreendedor viu-se obrigado a contratar serviços a uma empresa para rever o inglês técnico-científico de uma das suas publicações. “No entanto, após a receção do serviço prestado, verifiquei haver uma relação qualidade/preço muito baixa. Nas minhas atividades enquanto bolseiro de investigação (em projetos, doutoramento e pós-doutoramento) realizava todas as atividades relacionadas com o processo de publicação científica nos grupos de investigação em que me inseria, mas também para vários autores internacionais”, explica ao Link To Leaders.

Para colmatar esta lacuna, a ReadyToPub foi lançada em abrir de 2019, tendo como objetivo prestar serviços de consultadoria em todas as fases do processo de uma publicação científica. A start-up ajuda na publicação do artigo, quer na tradução técnico-científica, quer na seleção das revistas mais adequadas.

Volume de negócios: 27 mil euros.

Plano de negócios: Providenciar serviços customizados em todas as etapas de publicação científica a estudantes, investigadores, e professores do ensino superior, independentemente do grau de experiência e em várias línguas e domínios científicos.

Informação relevante: A ReadyToPub disponibiliza serviços de acordo com o grau de experiência do autor. “Providencia desde serviços básicos para autores experientes, até serviços complexos para aqueles que não têm qualquer experiência no panorama das publicações científicas, acompanhando todo o processo de um artigo até este ser publicado – daí o nome ReadyToPub”, afirma Ricardo Malheiro.

Esta abordagem levou a ReadyToPub a ser considerada o “Editorial Service Provider of the Year”, ao ganhar o Portugal Prestige Award 2020/21, reconhecimento atribuído pela CorporateLiveWire, destaca o Brigantia-EcoPark.

Até à data, a ReadyToPub já ajudou mais de 300 autores em 29 países a publicar os seus trabalhos científicos em revistas de circulação internacional.

Planos para o futuro: A ReadyToPub pretende alargar a prestação dos seus serviços a curto prazo para os mercados africano e asiático. Para tal, tem já em marcha uma parceria com a iniciativa European ENGAGED University, com alunos nacionais e estrangeiros e parceiros de várias instituições de ensino superior europeias, para delinear uma estratégia de disseminação da marca nos mercados alvo. “Tudo num processo de cocriação entre a academia e o setor privado”, sintetiza o CEO da start-up.

Site: www.readytopub.com

Comentários