Este mês lançámos o desafio à StartUp Portimão de eleger a start-up do mês. A escolhida foi a Link-a-Ring, coworking de cozinhas industriais equipadas e licenciadas. Para já, os seus serviços estão apenas disponíveis em Portimão, mas o objetivo é chegar a todo o país.

Nome da Start-up: Link-a-Ring, para quem precisa de um espaço para o seu negócio e não quer fazer um investimento inicial.

Fundadores: Pedro Esteves, formado em Gestão Hoteleira (MBA em frequência); Maria Joana Esteves, formada em Psicologia e Marketing; Ana Teresa Sequeira, formada em Gestão e Produção de Cozinha.

 Atividade: A Link-a-Ring é um operador de coworking de cozinhas industriais, equipadas e licenciadas, que conta com um espaço em Portimão.

Segundo Pedro Esteves, cofundador da empresa, “existimos para facilitar o acesso de empreendedores ao negócio alimentar e da restauração, cujo investimento inicial é sempre elevado e difícil de se conseguir. Assim, oferecemos uma solução flexível, sem investimento e sem compromisso de aluguer de cozinhas industriais, equipadas e licenciadas”.

 Volume de negócios: Com três meses de atividade, a empresa registou um volume de faturação de 6 mi euros (aluguer), valor ao qual acresce mais 2 mil euros pelos serviços em cross-selling, nomeadamente consultoria em marketing, gestão de redes sociais e gestão do negócio e operação, ou seja, a empresa tem uma faturação total de 8 mil euros.

 Plano de negócios: “No nosso Roadmap, estamos a afinar o modelo atual de coworking e serviços, preparando-o para ser replicado (“UBERizado”) em parceria (B2B2C) com proprietários de cozinhas/restaurantes por Portugal”, explicou o empreendedor ao Link To Leaders.

A empresa está também “a desenvolver a nossa comunidade de consumidores, para que um empreendedor que subscreva as nossas cozinhas tenha acesso imediato a uma rede de consumidores, traduzindo-se num bom volume de vendas desde o primeiro dia”, acrescentou o responsável.

Depois do Verão, a Link-a-Ring pretende formalizar parcerias para espalhar a rede de coworkings a nível regional e nacional.

Porque merece destaque: “Esta start-up tem um espaço de coworking de cozinha industrial equipado e licenciado em Portimão, onde está a desenvolver um modelo  que pretende exportar para o resto do país. Em apenas dois meses de atividade já superou 80% de ocupação do espaço”, afirma a StartUp Portimão, justificando a sua razão de ter escolhido para start-up do mês a Link-a-Ring.

Ainda de acordo com a incubadora, a Link-a Ring, “está ainda a desenvolver um modelo de negócio que permite aos proprietários de restaurantes fechados tornarem os seus espaços em coworking de cozinha, rentabilizando o espaço fechado e democratizando assim o negócio da restauração”.

Outra informação relevante: “A nossa equipa é constituída por três pilares essenciais – Desenvolvimento do negócio e parcerias, Gestão de Marketing e Redes Sociais e Gestão de Cozinha e processos alimentares; que são fundamentais para que um empreendedor, sem qualquer experiência em negócios alimentares/gastronómicos, possa aceder ao mercado rapidamente e com pouco risco envolvido”, destaca Pedro Esteves, salientando que “a nossa plataforma (coworking) potencia, ao dia de hoje, um volume superior a 25 mil euros em vendas mensais dos nossos empreendedores”.

Site: https://linkaring.pt/

Comentários