Para aproveitar ao máximo o tempo de férias e de lazer comece por deixar de lado os hábitos dos dias de trabalho e siga algumas das sugestões partilhadas pelo Financial Times.

Dias de férias são sinónimo de descanso, de “recarregar baterias” e de deitar para trás das costas as preocupações e os problemas laborais. Mas nem sempre é fácil desligar, por muito que o cansaço físico e psicológico comecem a pesar. Por isso tente esforçar-se para ter tempo de qualidade e relaxar. E lembre-se que, como refere Lucy Kellaway, do Financial Times (FT), enviar emails da piscina deixou de ser sinal de que é alguém poderoso. Pelo contrário, é cada vez mais encarado como um sinal de incapacidade de delegar e má gestão de tempo”. Assim, ponha mãos à obra e pratique algumas das dicas do FT que selecionamos para ajudar na “operação férias”.

Deixe o trabalho organizado
Nada melhor para ir de férias descansado do que fazer o trabalho de casa, que é como quem diz deixar as tarefas laborais organizadas para quem ficar a substituí-lo. Não deixe assuntos pendentes e organize tudo de forma a que ninguém o incomode enquanto estiver ausente da empresa. E não se esqueça de ativar a mensagem de aviso de férias no email.

Escolher bem o tipo de férias
Esta é uma etapa importante: decidir o local de férias. Se o que precisa mesmo é de descansar, não caia no erro de tentar fazer todas as atividades, excursões ou programas que o seu pacote de férias, se for o caso, incluir. No meio dessa correria ainda acaba por regressar de férias mais cansado do que quando foi. Diminua o ritmo e tire tempo para descansar verdadeiramente, ler um livro ou dormir uma sesta.

A companhia certa
Escolher a companhia certa é outra componente fundamental e deve ter o cuidado de planear atividades que sejam do agrado de todos os membros do grupo para não criar instabilidade e desconforto. Se as férias forem em família, aplique o mesmo princípio para que todos os elementos estejam interessados no programa delineado e nada corra mal.

Telemóvel na gaveta
Esta é uma das rotinas mais difíceis de largar. Ligue o telemóvel só algumas horas por dia ou aproveite para o colocar em modo voo para não ser perturbado por chamadas ou mensagens quando o usa para fotografar, por exemplo.

Esqueça o e-mail
Aqui está outro vício tecnológico que deve controlar. Evite estar sempre a consultar o email porque isso só servirá para o stressar, uma vez que não está presente para poder resolver os problemas.

Nada de relógio
Esqueça o relógio e deixe as horas passarem, sem pressas. Usufrua do seu tempo de lazer sem a “ditadura” dos horários controlados que, provavelmente, tem de seguir no resto do ano.

Não sofra por antecipação
Que é como quem diz, não comece logo a fazer a contagem decrescente para o fim das férias no primeiro dia. Aproveite cada dia sem pensar que vai ter de regressar ao trabalho, porque essa pressão não o deixa aproveitar o momento.

Respeite o seu ritmo
Acima de tudo, respeite o ritmo do seu corpo e escute os sinais que este lhe dá. Se é para descansar, faço-o a sério. Senão corre o risco de regressar ao trabalho em pior estado do que quando começou as férias.

Comentários