Entrevista/ “O nosso objetivo é alcançar um milhão de euros em vendas”

Bruno Madeira e João Ramos, cofundadores da Koala Rest

Entrevistámos os cofundadores da Koala Rest, uma start-up portuguesa que quer melhorar a qualidade de sono dos europeus com colchões feitos à medida de cada cliente e com entregas em tempo recorde.

Apesar de ainda não ter completado um ano de existência, a Koala Rest não é nenhuma desconhecida no ecosssitema de start-ups português. No ano passado, em julho, o projeto venceu o concurso da Academia do Comércio, onde garantiu um programa de incubação na Startup Lisboa durante seis meses, acompanhamento estratégico da SBI Consulting e apoio em relações públicas.

Como é que surgiu o Koala Rest?
A Koala Rest surgiu da vontade de ambos os fundadores criarem algo que tivesse um impacto significativo na vida das pessoas. A forma como dormimos repercute-se na forma como trabalhamos, vivemos e até na nossa saúde. Apesar dessa importância que todos reconhecem ao sono, um colchão de qualidade não era algo que estivesse acessível a todos. A própria experiência de compra de colchão em loja era um processo confuso, frustrante e que não correspondia às reais necessidades do consumidor moderno. Identificámos a oportunidade de resolver uma má experiência de compra através de total orientação para o cliente com transparência, conveniência e simplicidade.

Qual é a missão do vosso projeto?
Acreditamos que um bom sono é fundamental na qualidade de vida. É por isso que queremos tornar um colchão de qualidade mais acessível, com um modelo direto ao consumidor. Desenvolvemos o colchão Koala, que produzimos por medida, em qualquer tamanho em apenas dois a cinco dias, entregue gratuitamente em casa. Como sabemos que para realmente testar um colchão novo é necessário dormir nele algumas noites, oferecemos 30 noites de garantia de satisfação ou reembolso completo.

Venceram, em julho, a competição da Academia do Comércio. Com isto ganharam um programa de incubação na Startup Lisboa durante seis meses, acompanhamento estratégico da SBI Consulting e apoio em relações públicas. O que é que este prémio trouxe ao vosso projeto?
Acima de tudo foi a confirmação de que o nosso objetivo de tornar um sono de qualidade mais acessível é reconhecido e considerado importante por mais pessoas. Permitiu-nos expor o colchão Koala a mais pessoas e continuar a melhorar a qualidade de vida dos nossos clientes.

O que é que faz do vosso colchão o melhor do mundo?
O colchão Koala foi desenvolvido após milhares de horas de sono e feedback de consumidores reais, portugueses, para chegar a uma combinação perfeita de três camadas de espuma distintas, incluindo o Viscoelástico para conforto e redução de pressão, complementado por uma camada de Látex microperfurado no topo, que evita a acumulação de calor muitas vezes associado aos colchões com Viscoelástico na camada superior. Sempre com densidades de espuma muito acima da média do mercado para permitir um maior conforto ao dormir e ao mesmo tempo a durabilidade do colchão, que no caso do Koala tem 10 anos de garantia.

Quantos colchões já venderam?
Neste momento, e ainda antes de completarmos um ano de existência, já somos a marca líder em vendas de colchões online em Portugal. Mais importante ainda é que os nossos clientes avaliam o serviço e qualidade do colchão Koala em 4.8 estrelas, de 0 a 5, o que é a confirmação de que todo o investimento que fizemos em materiais de qualidade e num serviço de excelência é bem avaliado pelos consumidores.

Quanto é que isso perfaz em termos de faturação?
Tínhamos um objetivo de vendas de 100.000 euros para 2017, que foi ultrapassado. Neste momento, o nosso objetivo é alcançar um milhão de euros em vendas e 1% de quota de mercado.

Para além do português, quais são os mercados onde vendem mais?
Apesar de nos termos focado de início no mercado português, onde concentramos os nossos esforços de marketing, já tivemos vendas noutros países, desde a Espanha à Finlândia. Nos próximos meses faremos a nossa entrada no mercado espanhol de forma estruturada, com uma equipa local e estratégia de marketing específica. Este será o nosso maior passo a curto prazo.

Houve investimentos externos a apoiar o projeto?
Desde o início e até ao momento a Koala Rest foi financiada apenas com capitais próprios. Somos rentáveis há já vários meses, o que nos permite expandir e melhorar o produto e serviço continuamente.

Comprometem-se em fazer entregas no espaço europeu entre dois e cinco dias. Como é que conseguem este feito?
As principais inovações passam pelo uso das novas tecnologias de informação, desde o momento do 1.º contacto com o cliente, até à planificação da produção e optimização do fluxo da entrega.
Todo o nosso processo de produção, entrega, apoio antes e depois da venda está focado nas necessidades dos nossos clientes. Uma coisa que percebemos muito cedo foi que, principalmente para colchões por medida, muitas marcas demoram cinco a seis semanas a entregar o colchão, o que é uma clara falha de mercado. Desde o início que adaptámos os nossos processos para que, seja qual for o tamanho do colchão pretendido, em apenas dois a cinco dias consigamos produzir, transportar e entregar o Koala na casa dos clientes.

Qual foi a maior dificuldade que encontraram até agora?
No início, o principal desafio foi sermos uma marca nova num sector que não inova há anos. Quando começámos por dizer aos clientes que não tinham de pagar por entrega e que garantimos a entrega em dois a cinco dias sem falta, ou que podiam experimentar em sua casa o colchão Koala por 30 noites para terem a certeza de ter encontrado o colchão ideal, foi uma surpresa! Havia alguma desconfiança, pois algumas ou todas estas coisas não eram praticadas no sector. Hoje, com a exposição da marca nos jornais e o testemunho muito valioso que centenas de clientes nos dão no nosso site ou no Facebook, já começa a ser mais fácil explicar a nossa qualidade e como estamos a inovar no mercado dos colchões.

Quais são os objetivos até ao final de 2018?
Vamos continuar a crescer em Portugal. A 1 de março vamos inaugurar o nosso showroom em Lisboa, no Areeiro, para complementar as formas de contacto com os clientes. Vamos entrar no mercado espanhol muito em breve e lançar a Almofada Koala nos próximos meses.
Continuamos a reforçar a nossa equipa, que hoje conta já com seis pessoas, para conseguir proporcionar o melhor colchão e um serviço de qualidade aos clientes, antes, durante e após a entrega do mesmo.

Comentários

Artigos Relacionados