As empreendedoras selecionadas para participarem nos Programas de Corporate Mentoring e de MBA/Masters Consulting do Connect To Success podem pedir à sua equipa de mentores corporativos ou a estudantes consultores para ajudá-las a desenvolverem uma estratégia para obter financiamento.

Licenciada em artes pela Clark University e em direito pela Boston University School of Law, a antiga embaixatriz dos Estados Unidos, Kim Sawyer, tem mais de 22 anos de experiência jurídica, seja em escritórios de advocacia ou na sua própria empresa, o The Locator Services Group (TLSG), que presta serviços de recuperação de ativos em contencioso a grandes empresas da lista Fortune 500.

Recebeu o prémio de excelência do Women’s Business Enterprise Star em 2014 e foi vencedora do Enterprising Women of the Year Award em 2011. É membro da Unclaimed Property Professionals Organization, do Center for Women & Enterprise, Women Presidents’ Organization, e do Women Impacting Public Policy.

Kim Sawyer lançou o programa Connect to Success, patrocinado pela Embaixada dos Estados Unidos em Portugal, para apoiar as mulheres no mundo dos negócios, há mais de 3 anos. E garante que, apesar de já não estar na Embaixada dos Estados Unidos, vai manter-se envolvida com o programa que também é gerido pela Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD).

O Connect to Success organizou dois dias de workshops para mulheres empreendedoras que se concentraram no desenvolvimento de competências de negócios fulcrais. Quais foram os principais objetivos e finalidades deste evento?

O objetivo principal destes dois dias de workshops e de todas as iniciativas Connect to Success é proporcionar às nossas empreendedoras as ferramentas de que necessitam para alcançarem sucesso. Os workshops, que foram organizados em reconhecimento do Dia Internacional da Mulher, concentraram-se em fornecer às nossas empreendedoras C2S novas competências empresariais, tais como fazer um pitch dos seus negócios a possíveis investidores, desenvolver um plano de negócios, e finanças. Os workshops também se inseriram noutras áreas igualmente importantes, como liderança e desenvolvimento de autoconfiança.

Uma empreendedora tem uma ideia de negócio e precisa de financiamento financeiro para começar. Como é que o Connect to Success ajuda estas empreendedoras?

O Connect to Success (“C2S”) ajuda os nossos membros a prepararem-se melhor para apresentar as suas ideias de negócio e planos para oportunidades de financiamento. Por exemplo, alguns de nossos workshops gratuitos fornecem às nossas empreendedoras formação em como elaborar um plano de negócios ou fornecem orientação sobre como apresentarem os seus negócios a business angels, como foi o caso do workshop que organizámos em parceria com o Tim Vieira no passado dia 10 de março.

As empreendedoras selecionadas para participar nos Programas de Corporate Mentoring e de MBA/Masters Consulting do C2S podem pedir à sua equipa de mentores corporativos ou estudantes consultores para ajudá-las a desenvolver uma estratégia para obter financiamento. Além disso, muitas das nossas mulheres nem sequer sabem por onde começar a procurar financiamento externo. O C2S ofereceu um workshop sobre como ter acesso a capital, bem como outro workshop sobre a obtenção de financiamento da União Europeia.

Quais são as qualidades mais importantes para se ser um bom empreendedor?

Perseverança, compromisso, paixão, a capacidade de antever a necessidade de mudar antes de esta ser necessária, adaptabilidade, ter noção do que não se sabe e pedir ajuda de especialistas, não ter medo de falhar, e ter noção que se aprende com os fracassos. Estes podem ser o primeiro passo de um futuro sucesso. Estas são algumas das caraterísticas que considero das mais importantes para se ser um bom empreendedor.

Além disso, é incrivelmente importante ter autoconfiança. Enquanto empreendedor, ouve-se constantemente: “não”; “não, isso não é possível”; “não, isso não pode ser feito”; “não, isso nunca vai acontecer.”  Um empreendedor deve acreditar em si mesmo o suficiente para seguir as suas ideias, mesmo quando todos ao seu redor lhe dizem que é impossível fazê-lo. Eu nunca teria começado a minha empresa há 23 anos, se tivesse dado ouvidos a todos os comentários impeditivos, ou pessimistas.

Quantos membros tem o Connect to Success neste momento?

Atualmente, temos 815 empreendedoras registradas! Mas se as coisas continuarem com o mesmo ritmo, na próxima semana, espero que já tenhamos 820!

Qual será o futuro do Connect to Success?

O C2S continuará a ajudar as mulheres empreendedoras a alcançar o seu potencial. A FLAD (Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento) está totalmente investida no apoio e crescimento do C2S, e a Embaixada continuará a patrocinar e apoiar o Programa.  Quanto a mim, vou continuar como diretora executiva do programa, e já estamos a planear os nossos próximos workshops, que decorrerão em abril, tendo como foco, como os empreendedores poderão captar a atenção dos media!

Como é que as empreendedoras portuguesas podem participar no Connect to Success?

As empreendedoras portuguesas são muito bem-vindas ao C2S e de começarem a tirar partido de todas as nossas iniciativas gratuitas! Qualquer pessoa interessada deve visitar-nos na nossa página de facebook – Connect to Success Portugal e clicar no botão de “sign In”, para aceder a um formulário de registo. Alternativamente, qualquer empreendedora poderá enviar um e-mail para c2s@c2slisbon.com e obterá todas as informações necessárias sobre o programa.

Que conselhos dá aos empreendedores portugueses que estão a criar a sua empresa?

Ao criar uma empresa, certifiquem-se que se estabelecem como especialistas na área de atuação da vossa empresa. Também é essencial aproveitar todas as oportunidades de networking, criar contactos, e ao fazê-lo certifiquem-se de que se concentram em como poderão ajudar quem estão a conhecer em vez de como a pessoa vos pode ajudar a vós.

Acima de tudo, não temam o fracasso. Erros, com os quais aprendemos alguma lição, podem ser o primeiro passo para atingir o sucesso. Lembrem-se que Steve Jobs falhou muitas vezes antes de criar a Apple, chegou a ser demitido e, de seguida, contratado de volta para se tornar CEO da marca.

Quais são os planos para os próximos meses?

Estou muito orgulhosa de dizer que consegui concretizar o sonho de muitos empreendedores, na semana passada assinei um acordo de compra e venda para a venda da minha empresa. E portanto, nos próximos meses vou estar concentrada na transição. Mas além disso, estou em constante contacto com a equipa C2S para planear as próximas atividades do C2S.  Já estamos a planear a minha volta a Portugal para o final de maio ou início de junho!

Comentários