Facilitar a vida dos enfermeiros e das instituições de saúde é o objetivo da recém-criada Mycareforce. O projeto já conquistou o fundo espanhol Think Bigger Capital.

O mercado nacional tem uma nova start-up portuguesa na área da saúde. Chama-se MyCareforce e foi criada pelos jovens empreendedores Pedro Cruz Morais (CEO) e João Hugo Silva (COO), que chegaram a um modelo de negócio que promete revolucionar a vida de muitas instituições e enfermeiros em Portugal, partindo da premissa de que “o modelo tradicional de contratação de enfermeiros é old school”. Ou seja, a ideia subjacente a este projeto é flexibilizar a contratação de enfermeiros – tanto para os profissionais de saúde como para as instituições: hospitais, clínicas e lares – através de uma plataforma digital onde ambos se podem registar e responder, de forma ágil, às necessidades sentidas no mercado.

Desta forma, as instituições podem, mais rapidamente, reforçar as suas equipas sem preocupações de contratações a longo-prazo ou processos complexos e demorados com as agências tradicionais. Por seu lado, os enfermeiros têm uma plataforma para se candidatar e são aceites em turnos nessas instituições numa questão de minutos, conferindo-lhes maior controlo e liberdade de escolha sobre onde e quando querem trabalhar, explicam os fundadores do projeto.

“Somos uma empresa recente, mas com grandes ambições. Acreditamos que o futuro da enfermagem passa por esta solução mais flexível, que sem dúvida, terá um impacto positivo na carreira dos enfermeiros, nas instituições de saúde e consequentemente, nos cuidados prestados a todos os utentes”, afirmou Pedro Morais.

A verdade é que em dois meses, e com o apoio da incubadora Demium, a MyCareforce já foi investida, em 100 mil euros, pelo fundo espanhol Think Bigger Capital. Também foi selecionada para o Programa de Incubação desenvolvido pela StartUp Lisboa.

Agora com o projeto em marcha, segue-se o desafio de dar continuidade ao trabalho já desenvolvido e solidificar a rede de instituições e profissionais de saúde inscritos, criando uma maior dinâmica na plataforma que promete ser revolucionária, explicam os seus fundadores.

Comentários